h1

Joe Jackson esteve no Faustão, para lançar o livro sobre a morte do MJ

29 de novembro de 2010

Hehehehe

Quem perdeu 10 minutos do seu Domingo, para assistir Joe no Faustão? Bem, por coincidência eu estava na frente da TV naquela hora, e resolvi assistir o que ele ia falar.

Primeiro: a cara sínica de Joe é algo que realmente não tem preço, mas a morte do filho dele tem preço, e custa R$49,00.

Segundo: Fico me perguntando..

– Por que Joe não falou isso para o FBI? Será que o FBI irá ler esse livro?

Já que Murray é um bode expiatório, deveriam ir atrás de quem realmente matou o Michael.

Terceiro: Faustão perguntou 2x vezes o por quê Joe não está na herança, e ele não respondeu. O produtor e amigo da família Leonardo Rowe teve que responder por Joe, e disse que era para ele estar na herança, mas não está.

“Michael me chamou e disse que queria sua mãe ficasse com uma parte, e seu pai ficasse com outra parte”

????

Quarto: O que realmente aconteceu com o Michael Jackson? A indústria da música “matou” o Michael! E o principal objeto de desejo era o catálogo dos Beatles.

“Eles me matariam por esse catálogo”, disse Michael.

Segundo os autores do livro sobre sua vida, foi vítima de uma conspiração entre a Sony Music, gravadora de Michael, e AEG, que administrava a carreira do “rei do pop”. “Ele era dono de metade da Sony Music, ele tinha metade do catálogo das músicas. As pessoas não queriam que ele fosse dono desse catálogo. Na época, eu não dei muita atenção, mas foi o que aconteceu”, disse Rowe.

Lembrando que:

– Lisa Marie também falou do catálogo

– La Toya também falou do catálogo,

– Katherine também falou do catálogo

Continuo não entendendo porque ele assinaria contrato com a Sony (se eles queriam pegar ele), porque ele venderia suas músicas para a Sony (se eles queriam pegar ele), e porque a família vendeu os direios de  THIS IS IT para a Sony (se eles queriam pegar ele).

E como eu sempre destaquei aqui, e Teddy confirmou: o problema dele era como Mottola, e não com a Sony.

Não entendo!

Quinto: Eles falaram de “This is it”, e que Michael queria fazer show aqui no Brasil.

#morrriiiii

O produtor também comentou sobre o carinho de Michael pela América do Sul. “O primeiro lugar que ele queria vir era a América do Sul. Por isso, eu quis lançar o livro primeiro no Brasil. Quero que vocês saibam o quanto ele amava esse País”, declarou.

Como ele queria fazer show, se ele estava doente, frágil, e drogado?

Sendo que ele não queria fazer nem 10 shows!

Eu to chamando atenção para a contradição deles, ok?

Ia morrer se Michael viesse para o Brasil..

[CONT..]

Na coletiva do Livro em SP, Joe Jackson e Rowe também falaram sobre outros assuntos. Jackson foi contundente ao responder se acredita que as novas canções do filho, que estarão no disco póstumo “Michael”, a ser lançado em dezembro, trazem apenas a voz do popstar. “Essas músicas não são cantadas apenas por Michael, não é a voz dele sempre”, ressaltou Jackson. Ele também afirmou nunca ter batido no filho. “Acho que eu fiz um ótimo trabalho”, disse.

Pelo amor!

Por que eu devo dar créditos para Joe, se ele insisti em dizer que não batia no filho?

Aliás, Joe querido se decide!

Porque para Oprah e Faustão você disse que bateu, mas na Coletiva do lançamento do Livro você diz que não.

?????????

Bem, todos sabem qual é a verdade..

“Michael nunca gostou de ter seus ensaios filmados”, comentou, sobre as gravações que deram origem ao filme “This is it”. Ele também deixou claro que o cantor americano havia concordado em fazer uma temporada de apenas dez shows na O2 Arena e não de 50.

Essa foi demais!

Michael nunca gostou de filmar os ensaios?

Por uma coincidência incrível, o único ensaio que foi filmado foi o que antecedeu a sua morte, que depois viria a ser um filme de milhões?  

“Ele foi morto por todos, não foi a primeira vez que houve uma conspiração nos Estados Unidos. O mesmo aconteceu com Martin Lutter King Jr. e John F. Kennedy. Sentimos que o mesmo aconteceu com Michael Jackson”, resumiu Lowe. Segundo ele, a conspiração retratada no livro foi descoberta por meio de investigações, acessos a documentos e depoimentos do próprio Michael. Há cópias de cartas e contratos publicados na obra.

De novo eu pergunto:

– Por que não falaram isso para o FBI? Essas cópias de cartas,  não deveria estar nas mãos do FBI? Já que a investigação ainda não foi concluída?

Cópias de cartas = provas

E provas devem ser OCULTAS, sigilosas e sem acesso.

Por que o próprio pai do Michael, não chama o FBI e fala tudo isso?

Mas é claro que é mais lucrativo escrever um livro, e ganhar dinheiro encima da morte do filho.

E Murray hein? Pagando o pato sozinho!

Me deixa lembrar o comportamento de Joe no Larry King, que inclusive já falei aqui:

Larry: Como você ficou sabendo da morte do seu filho?

Joe: Alguns fãs me ligaram e me falaram

Fãs ligaram para Joe avisando sobre a morte do FILHO dele. E ele nem sabia que era o filho dele, saindo da maca da casa dele..

#oremos

Fãs têm o número de Joe Jackson? Uau, que sorte não?!?!

Larry King: seu coração como pai está decepcionado?

Joe: decepcionado com o que?

Hehehehe senhor!

Ele estava pensando em que??

Larry: onde está o corpo do Michael?

Joe: Eu não sei.

Larry: mas você é o pai.

Joe: vai perguntar para quem sabe, eu não quero falar sobre isso.

WTF!!!

Como ele não sabe onde estava o corpo do filho?

Se ele não quer falar sobre isso, por que foi a entrevista? Porque era óbvio que iam perguntar disso.

JESUS!

Larry: O que você diz sobre o resultado da  autópsia? E a demora? E sobre o uso abusivo de remédios?

Joe: Eu não sei, eu estou esperando

Larry: mas você é o pai.

Joe: mas eu não sei de nada

Putz! Até Larry acha cômico..

Larry: você realmente acredita que as drogas, acabaram com a vida do seu filho?

Joe: alguma coisa aconteceu por trás disso tudo, mas não foram as drogas que mataram ele.

Uaii…alguma coisa aconteceu por trás disso tudo? E não foram as drogas?

Então foi o que???

De novo Murray pagando o pato sozinho, enquanto Joe publica as provas sobre o assassinato do filho, em um livro após 1 ano! 

Larry diz: O que você quer dizer com “alguma coisa aconteceu por trás disso tudo?”

Joe: Estou querendo dizer que isso foi um “jogo da galinha”, é isso que estou querendo dizer.

Larry: o que você quer dizer com jogo da galinha? Eu não estou entendendo

Joe: Ohhh é…você sabe, eu te disse…hmmm

????????

Então Joe responde completamente perdido e de forma confusa, mas ele passa a bola para Rowland que estava presente, porque ele não sabia como responder!!!

Ou seja Joe nem sabia sobre o vício do filho, não sabia onde o corpo do filho estava, mas sabia de OUTRAS COISAS para escrever um livro.

OMG!

Um livro sobre Teoria Conspiratória, um Julgamento que irá acontecer apenas em 2012, assassinos ocultos, ameaças de morte, planos de fulga e etc.

É interessante notar também que eles focam muito na palavra “verdade”. Dizem que as pessoas não devem acreditar no que a TV diz, que tudo é manipulado, e mentira.

Ok!

Por que focar tanto na “verdade”?

No meu ponto de vista eles têm uma preocupação enorme em limpar a imagem do Michael, como se as pessoas tivessem que ver A VERDADE que a TV sempre ocultou.

É aqui que entra o “x” da questão, porque o livro pode ter um “por que” escondido por ai..

E por essa razão eles batem tanto na tecla, ao dizer que o livro conta a VERDADE sobre o Michael, e tudo que foi escondido pela midia.

Hm…limpando a imagem? Ameaças de morte?

O que realmente aconteceu com o Michael Jackson?

Bem, eu já sei!

É tudo uma questão de raciocínio lógico..

Michael is alive! jumping0048 Free Emoticons   Jumpingjumping0048 Free Emoticons   Jumping

49 comentários

  1. Pri, concordamos em gênero, número e grau. Não gosto do Joe, aliás não gosto dele desde que o vi pela primeira vez, e isso faz é tempo viu?

    Ele foi no Faustão só aguçar a curiosidade da imprensa e dos “fãs” do Michael, pois só quem não conhece o “empresário” e “bom pai” Joe; bem como o amiguinho dele, vai correr pra comprar o livro.

    Se ele pode mentir por escrito, imagina frente a milhões de fãs?!

    O cara não sabe de nada e, de uma hora pra outra, resolve publicar um livro com provas de que seu filho “muito estimado” foi assassinado? Meio que me soa mal isso.

    O fato é que: 1) Ele ficou fora da bolada; 2)Tentou extorquir a AGE; 3) Tentou extorquir a Sony; 4) Tentou extorquir o Murray. Agora não tem escapatória – ou ele consegue fazer o tal livro bombar ou vai ter uma velhice meio pobre viu? A menos que a Kath resolva bancá-lo pro resto da vida.

    Concordo com você: Michael is alive!!!

    Show – mil beijos


  2. Toda a vez que eu olho esse Joseph, eu sinto vergonha alheia. Putz…
    Fiquei sabendo que ele virá a Porto Alegre (!!!) em dezembro! Será que isso procede? Ah, Senhor!


  3. Hmm… vamos colocar o Tico e o Teco pra funcionar…

    Tenho algumas considerações… admiro e respeito profundamente cada integrante da família Jackson, pois eles batalharam muito para chegarem onde chegaram, além de serem muito talentosos… o Michael mais do que os outros (claro), mas não podemos subestimar o que a família Jackson significa para o mundo da música!!

    Questiono sim os métodos que o pai, Joe Jackson, se utilizou para “educar” os filhos, ou como ele mesmo disse “para mantê-los na linha”. Todos sabemos o quanto Michael e seus irmãos sofreram com isso. Michael principalmente pois ele era diferente. Ele sempre foi o mais exigente consigo mesmo, perfeccionista, o mais sensível pois seu coração sempre foi do tamanho do mundo, do Universo, e isso ele já demonstrava desde cedo. Mas apesar de a relação com seu pai nunca ter sido das melhores, e em suas próprias palavras, sempre haver distanciamento, nunca ser algo de pai e filho, e apesar das mágoas que ele teve, ele SEMPRE se referiu a seu pai com um profundo respeito. Todos os seus álbuns ele dedicou a seus pais. Ele sempre honrou sua mãe e seu pai, apesar de tudo.

    Então, apesar de não gostar muito do Joe por ele ter feito o Michael sofrer, não me sinto no direito de faltar com respeito a ele, pois o único que, na minha opinião poderia fazer isso, é o Michael, ele nunca o fez. Mas calma: é só a minha opinião!! É que eu acho que família é um assunto delicado, e eu não sei quanto a vocês, mas se tenho problemas com a minha família, eu posso até falar mal, mas iria odiar se outras pessoas falassem mal de alguém da minha família, principalmente meus pais!!

    Acredito que das duas uma: ou Joe não está envolvido no hoax e tudo o que a imprensa disse é verdade (os testamento de MJ é verdadeiro e Joe não está incluso). Mas peraí!! Nós não acreditamos que o testamento seja falso, e principalmente pq Michael NÃO morreu??? Então, sendo assim, Joe não tinha como ficar de fora da “bolada”, já que não há herança.

    Ou… aí que entra a segunda parte: Joe está envolvido e o lançamento desse livro faz parte do plano.

    Gente, me desculpa, mas sinceramente, não vejo diferença entre o lançamento do livro de Joe Jackson e o livro da Dona Katherine. Assim como não vejo diferença nisso e o fato de a carreira de todos os irmãos Jackson terem ressuscitado de repente. Eles estão em voga como há muito não estavam… não acho que só o Joe esteja ganhando com tudo isso, mas sim, todos eles, cada qual à sua maneira.

    Ontem, Leonard Rowe disse em alto e bom som em rede nacional e internacional, que Michael Jackson é dono de metade da Sony. Com essa informação fica muito claro que Michael não estava falido. Aí é que entra a minha dúvida. Se Michael Jackson = Sony, ou pelo menos metade dela, então se a Sony perde, Michael perde, certo?!

    Então qual o interesse da família em que a Sony perca?? Ou seja, falando que o cd é falso, que a voz é de um impostor, etc, etc??

    Pois, supondo que Michael morreu, ele não deixou de ser dono do catálogo, certo?? Afinal, o Espólio está administrando tudo isso… Isso continua sendo dos herdeiros de Michael. Se haviam pessoas que matariam Michael por causa do catálogo, não teriam então que matar toda a família Jackson para que isso deixasse de ser deles?? Mas óbvio que Michael não iria deixar isso acontecer.

    Isso só reforça que Michael “morreu” para não ser morto de verdade. Na minha opinião, ele está regendo cada nota dessa partitura, cada instrumento dessa orquestra (falsa morte), com o objetivo de denunciar que está correndo perigo, e algo tem de ser feito.

    Enquanto isso, ele trabalha nos bastidores e vive sua vida anonimamente (algo que nunca tinha conseguido até então)…

    Mudando um pouco de assunto: ontem assisti novamente a entrevista da dona Katherine com a Oprah, e eu fico sinceramente comovida quando ela chora… acredito sim que sejam lágrimas verdadeiras, mas não pela morte do filho, mas sim por tudo o que ele passou.

    Michael is Alive!!


    • Concordo plenamente Crix!!
      Se me permite flor,faço das suas as minhas palavras.
      Bjs!!


      • Crix você disse tudo agora’
        Se me permite flor,faço das suas as minhas palavras.
        Bjs!


      • Sinceramente, pra mim, isso tudo já virou uma salada.E com um gosto bem ruim…Eu não sei vocês, mas eu não vou comprar, nem o livro do Joe e nem o livro da Dna. Kathe.Acho que não há nada de interessante pra mim em nenhum desses livros.E Crix, concordo absolutamente com tudo aquilo que vc disse sobre família.Acho que é a mais pura verdade…uma vez, vi uma entrevista de Michael, onde ELE MESMO disse, que, apesar de tudo o que aconteceu, ele AMAVA seu pai.E isso era inevitável mesmo.Família é família!!!!Bjos à todos que acreditam.


    • Crix falou tudo e mais um pouco, Leonard disse que Michael precisava de um porta voz, e tinha certeza que ele está aprovando ou aprovaria tudo que está escrito no livro, eles só estão denunciando toda cupula atraves do livro, como Michael não pode falar pelo menos por enquanto Joe é o homem de confiança, e a cima de tudo seu pai.
      Eu gosto quando Joe fala sempre deixa algo no ar, tipo presente, passado ele se atrapalha e acaba soltando algumas dicas.
      Tipo ele está, ficaria muito feliz em saber que os fãns apoiam ele e a familia.
      Ele é, foi um grande idolo conhecido no mundo inteiro.
      Michael amava o Brasil, ama os fãns Brasileiros.
      E elefantes estão tocando sinos, Michael queria vir para o Brasil????????
      Lançar livro em primeira mão no Brasil, sendo ele conhecido no mundo todo?
      Isso tudo só para os fãns Brasileiros saberem a verdade?


      • Muito obrigada Fernanda, Gabriele, Wal Diniz, Rok Estrela e Maíra… também faço minhas as palavras de vcs!!!

        Bjs
        L.O.V.E.


  4. Eu não sei,essa história do livro ta meio que enrolada,acho que temos que esperar para saber o que contem no livro,se bem que se for esperar eu comprar eu não vou saber ,pois eu não compro,mas logo saberemos,as noticias correm
    Fico em duvida tambem sobre Joe saber algo,pode ate ser que saiba,e se existe mesmo estas tal provas em documentos e papéis que eles falam,podem ter certeza que o FBI ja sabe,se for uma investigação séria eles ja tem esses papéis em mãos,mas talvez o livro seja para que os fãs e o público fiquem sabendo,mas como la nada é de graça,tem que vir um dinheirinho em cima,e distribuir de graça é que não da ,tudo tem um custo
    Pode ser que Michael esteja por traz disso ,mas com disse ‘pode ser”,prefiro esperar para ver no que vai dar,ainda ta meio confusa essa história para mim
    Quanto ao programa do Faustão foi uma enrolação tambem,falaram q


    • Não sei como fiz isso mais mandei o comentario sem terminar,o resto esta abaixo,uma pequena falha minha,desculpem


  5. Pri…Parabéns novamente!!! Vc arrasa!!

    Crix, você disse tudooooo!! Também penso da mesma forma!!
    Acredito que Michael esteja no comando de tudo e confio e admiro o seu talento criativo e inteligente em administrar e concluir seus objetivos.
    Creio que se este testamento fosse verdadeiro com certeza o pai também teria direito, pois Michael já havia perdoado seu pai e disse isso num discurso feito…e outra Michael é puro amor, mas é muitíssimo inteligente.
    Michael fez esse testamento proposital, deixando o pai de fora para que ele colaborasse com o hoax…imagine o Joe se sentindo seguro e com os bolsos cheios da grana, ele daria um jeito de pegar o dinheiro e não iria colaborar com o plano de Michael, e os irmãos também digo a mesma coisa. Então Michael deve ter pensado assim, eu deixo o pai e os irmãos de fora, porque não posso confiar neles, embora os ame sei o quanto são gananciosos…
    Michael quando fez um discurso e mostrou um pouco dos podres da Sony e de Mottola(o diabólico ex presidente da Sony) deve ter sido ameaçado.
    O problemão era Mottola, que a Sony tratou depressinha de colocar pra fora, ficando com Michael…é claro…
    Michael vendo sua vida em perigo e pensando em seus filhos fez o hoax, mas é claro e evidente que precisaria do apoio da família.
    Creio que nesse livro esteja realmente toda a sujeira, toda a podridão que Michael quis mostrar e não pode por ter sido ameaçado.
    Talvez lendo esse livro todos possam entender o porque do hoax.(porque muitos ainda não entenderam) É minha opinião.
    Acredito firmemente que Michael esteja comandando tudo com sua majestosa inteligência inigualável.

    Michael…I love you more… L.O.V.E.


    • Concordo plenamente Maíra!! o Michael está no comando de tudo.
      bjs


  6. Eu não sei,essa história do livro ta meio que enrolada,acho que temos que esperar para saber o que contem no livro,se bem que se for esperar eu comprar eu não vou saber ,pois eu não compro,mas logo saberemos,as noticias correm
    Fico em duvida tambem sobre Joe saber algo,pode ate ser que saiba,e se existe mesmo estas tal provas em documentos e papéis que eles falam,podem ter certeza que o FBI ja sabe,se for uma investigação séria eles ja tem esses papéis em mãos,mas talvez o livro seja para que os fãs e o público fiquem sabendo,mas como la nada é de graça,tem que vir um dinheirinho em cima,e distribuir de graça é que não da ,tudo tem um custo
    Pode ser que Michael esteja por traz disso ,mas com disse ‘pode ser”,prefiro esperar para ver no que vai dar,ainda ta meio confusa essa história para mim
    Quanto ao programa do Faustão foi uma enrolação tambem,falaram que fãs e artistas poderiam fazer perguntas,não vimos nada disso,e essa tradutora para mim éra meio fraquinha
    Agora reparei que o produtot diz que” Michael esta muito feliz por eu escrever esse livro”,(temos um cadáver feliz)temos um cadáver certo,pois não falaram que ele foi embalsamado,e ainda queriam tirar liquido de um embalsamado,outra “Michael fica feliz de saber que os fãs estão a seu lado e ao lado de sua família o maxímo possivel”,um cadáver duplamente feliz,mas como disse ,não achei essa tradutora lá essas coisas,não sei se foram mesmo essas palavras ditas por eles,e como eu tambem não entendo ingles então….


  7. A entrevista o Faustão deixou a desejar,Fausto não fez nenhuma pergunta que nòs fãs quisessemos saber realmente.E o que vi foram duas pesoas no palco querendo fazer a cabeça do fãs para comprar o tal livro ( êles querem è dinheiro)e não sera as minhas custas que vão ganhar pois não compro,acho um absurdo tanta contradição, cada hora falam uma coisa.E mais se êles sabem realmente de tudo porque não falaram isso antes porque não foram aos jornais,aos programas de tv, ao FBI, não porque êles não ganhariam tanto dinheiro ,então…..
    Esperaram escrever um livro,publica-lo para poder contar a verdade e mostrar as provas claro desde que voce pague por isso(comprando o livro) certo.

    E êle dizer que michael faria uma grande turne, inclusive vindo ao BRASIL, faz-me rir,nâo è isso que estamos sabendo.
    E o que êle falou no Fausto êles vão falar em todos os paises que forem ou seja MIKE ama esse pais e

    viria aqui para fazer um show ( os fãs adoram ouvir isso) isso è uma jogada de MARKETING para os fãs comprarem o livro.


    • rosangela comecei a assistir e desisti e pelo que vi não perdi nada. Era mesmo só sobre essa m de livro, eu não gasto meu dinheiro nesse livro. Eu sei que para eles Michael é um talão de cheques.


  8. Também concordo com a Rosangela, não teve nenhuma pergunta boa! E achei o Faustão meio estranho errando nome do Michael toda hora!

    Fora que a platéia sumiu como um passe de mágica!


  9. Penso que o Michael está no comando de tudo,desde o inicio.
    Esse testamento é falso, porque se fosse verdadeiro teríamos que concordar com o fato de Michael estar morto.Levando em consideração que tudo nessa morte é falsa então podemos concluir que tudo é falso começando por esse testamento.
    O Michael tinha um coração enorme e maravilhoso,e em TII ele fala em alto e bom som o nome de seus pais,não só de dona Kathe mais tambem o nome de seu pai,por quem apesar de tudo tinha um grande respeito.
    O Michael pensou em tudo nos mínimos detalhes,ele era muito inteligente! Amo muito!!!!!!!!!

    MICHAEL I LOVE YOU…MICHAEL IS ALIVE.


    • Fernanda, eu me lembro quando assisti pela primeira vez This Is It, que Michael disse em uma parte dos ensaios, que no final daquela música (não me lembro qual,não sei se seria a última a ser apresentada no show…), ele iria dizer algo mais ou menos como: Katherine e Joseph, eu os amo e que Deus os abençõe (não lembro exatamente as palavras que ele usou, mas foi algo muito carinhoso e que demonstrava muito amor por ambos).Nesse dia eu percebi, até achei estranho, pois imaginava que Michael não nutria nenhum tipo de afeto pelo pai, mas cheguei à conclusão de que ele amava seu pai, mesmo tendo passado por tudo o que ele mesmo nos relatava.Ele desejava coisas boas ao Joe e o respeitava muito.Por mais que não houvesse aquele sentimento “de pai e filho”, ele amava Joe…


      • Também acho Wal Diniz.Eu me lembrei bem daquela parte e para mim não restou duvidas que ele apesar de tudo amava seu pai,tinha um grande respeito e até carinho!!
        Bjs


  10. eles falam:”Michael nunca gostou de ter seus ensaios filmados”

    Ãhaaaaaaaaam…tá bom então!!e ele olhando vááárias vezes durante o filme bem diretamente pra camera,brincando e interagindo com ela as vezes é oq?raiva?
    ah…dá licença né!
    e por favor faustão!!!só perguntou a mesma coisa o tempo todo!!pq o joe ta fora da herança?pq o joe ta fora da herança?mas….pq o joe ta fora da herannça?
    credoooooooooo q tosco! ¬¬


    • Nica, eu tb pensei nisso dos ensaios… Não sei se ele gostava ou não quanto aos das outras turnês, que foram filmados mas nem de longe lembram a mega produção que foi This Is It… mas sabemos que This Is It nunca foi uma simples gravação de ensaios, pra mim é um documentário bem planejado… e não sei se sou eu que viajo na maionese, mas já vi e revi This Is It quinhentas vezes e reparei que em TODAS as vezes que Michael fala a frase “I Love You” ele olha bem para a câmera, como se estivesse mandando um recado, sabe?


  11. Queria muito que voce falasse sobre o resto da familia dele no fantastico, naquela entrevista com a Oprah.


  12. Meus amores ontem eu estava voltando de Pelotas com meus pais, então paramos num restaurante na estrada para jantar e vi apenas o começo dessa entrevista, estava pensando durante o fim de semana se iriam fazer as perguntas das meninas no programa do Faustão, parece que elas enviaram as perguntas para a produção, o que eu soube é que não fizeram nenhuma das perguntas para o Joe e nem para o tal de Rowe que estava com ele e Faustão no palco do programa, no começo da entrevista o rapaz que trabalha no restaurante veio erguer o volume e estava muito revoltado com o Sr. Joe Jackson, eu também estava, e comentou:

    Esse véio… Esse véio filho de uma…. Mãe!

    Eu respondi que não gosto dele também e contei que esse cara que está lançando o livro foi despedido pelo próprio Michael Jackson em maio do ano passado, ele desistiu de ver a entrevista e eu também, confesso que não quis mais ver essa entrevista e fui para a mesa jantar junto de meus pais, estava feliz pelo lançamento da candidatura do meu pai a Governador do Lions e não queria me irritar vendo a entrevista do pai do Michael e daquele homem, mas quando cheguei em casa vi os comentários sobre essa entrevista e todos se decepcionaram porque não fizeram as perguntas que os fãs mandaram e nem deixaram a platéia fazer perguntas, nessa hora não mostraram nem a platéia e nem os artistas que prometeram deixar fazer perguntas, os pontos que gostaram mais foi o de Joe falar bem de Michael e de que Michael é dono da metade da Sony Music, ele ainda tem o catálogo viu meus amores, mas dizem que assassinaram o Michael por causa disso, mas eu acredito é que o Michael esta mais vivo que vocês e eu e não morreu e não desencarnou, não mudarei minha posição aqui nesse assunto, continuarei Believe, e sim achei estranho o nervosismo do Faustão e ele errar várias vezes os nomes e falar errado algumas vezes. Aquilo ali foi estranho demais, eu que não assisto ao Faustão achei ele muito nervoso e tenso, confesso que nunca vi ele assim. Mas a questão é que não comprarei esse livro e o programa foi apenas para o lançamento do livro. Apenas isso! Beijos Marila Hoppe


    • Oi, Marila.Que bom que você voltou.Fico feliz de ter você aqui de novo…


      • Wal obrigada, eu voltei domingo, mas comecei a ver as coisas ontem.


  13. Oi Pri!
    Bom,eu ja falei sobre a matéria postada,e achei um fiasco tudo isso,não só no faustão mas nos outros lugares que vi,não saiu nada de novo,tudo a mesma coisa
    Agora eu queria te perguntar se vc ja viu o video dos bastidores de Hold my hand,e as fotos das pessoas que a TMZ esta mostrando,vc acha isso tão importante para ela estar divulgando,e no final todos gritando dando um alõ para Michael,geralmente eles fazem questão de falar que vazou,mas agora não é o caso,sem a presença de Michael não acho que seja importante


  14. Oi Pri, como vai você? Desde o ano passado que eu leio o seu blog, quando eu vou mexer no computador, a primeira coisa que eu faço é ir nos “favoritos” e abrir aqui, me faz muito bem ler sobre cada fato, e sobre cada pegada que você nos passa desse longo caminho que só nos mostra o quanto Michael está perto de nós.
    Sobre o que você disse nesse último post, acho que entendo essa “verdade” que o Joe quer nos mostrar. O livro nos conta o PORQUÊ que o Michael teve que forjar a morte, entende? Eles falam o tempo todo o quanto queriam o Michael morto, e ficam explicando e repetindo mil vezes coisas como “Michael era dono de tal coisa”, “Michael estava em perigo”. Ok, por isso ele teve que forjar a morte…Entende onde quero chegar? Bom, é isso.

    Ps: Ontem eu estava querendo achar o seu e-mail, mas não consigui. Porque queria perguntar se você viu o novo comercial da Honda (girassol).


  15. OLá, Pri!!!
    Não sei se vc já foi perguntada sobre isso, mas há quantos anos ou desde quando vc é fã de Michael? Obrigada.


    • EITA!
      Qnd eu era pequena eu tinha medo de THRILLER..rsrs
      Mas me lembro do lançamento dos clipes do Michael no FANTÁSTICO, e adora ver ele dançando.
      Eu sempre quis brincar em Neverland..rs
      Não sei exatamente quando me apaixonei pelo Michael, até porque sempre gostei dele, depois de superar o trauma de THRILLER. Mas definitivamente fiquei encantanda quando vi a estréia mundial de BLACK OR WHITE.
      Depois de ver aquele clipe, não lembro de um único dia que não escutei uma música dele, que não quis ser a filha dele, a esposa, a namorada, a amiga, a irmã, a Lisa, até o Bubbles eu quis ser..rs
      Sempre quis casar com o Michael, abafa!
      E vc?


      • Pri,

        A sua história com o Michael é parecida com a minha irmã, ela chorou de medo quando assistiu pela 1º vez no fantástico o Thriller, não conseguia dormir,rsrsrs.

        Já eu na adolescência, piveta de tudo, vi fotos do MJ com a Brooke, ficava morrendo de ciúmes, achava ela muito interesseira, só porque ele já era famoso, detestava ver ele com ela, peguei uma antipatia…

        Acho que cada uma de nós temos uma história com ele, daria um livro!
        Bjo.


      • Pri, eu também sou fã desde que o vi pela primeira vez…fiz meu pai trazer um disco dele (na época LP) de São Paulo…coitado, ficou carregando isso de São Paulo até Santa Catarina na mala….rs…bem eu tenho esse LP de Thriller até hoje…acompanhei a vida toda todas as notícias dele…também me imaginava irmã, namorada, esposa, empregada, faxineira e até mãe dele…só para estar perto!!! Fã que é fã é desse jeito mesmo!!!! kkkkkk


    • Nossa, Pri.kkkkkkkkkkkkkkkk até o Bubbles ?!?! kkkkkkkkkk rachei de rir…Tô rindo até agora…


      • Pri tua história é parecida com a minha também, porque eu também tinha medo de Thriller. Depois eu tmb lembro dos lançamentos dos clipes dele no Fantástico e tudo mais.


      • Eu nunca tive medo de thriller,pois adoro uma história de terror,quanto mais horripilante melhor,agora quando começei a ser fã precisamente eu não sei,só sei que vou ser eternamente fã e apaixonada por ele


  16. Povo,

    Eu não queria, mas vou comprar o livro, lerei rapidinho e passarei pra vocês a minha impressão,exatamente do que se trata,queria muito o da D.Kate, mas parece que não temos ainda no Brasil.

    Me chamou a atenção também em falarem muito em “verdade”, vários da família já citaram “a verdade prevalecerá.”

    Agora, estou curiosa pra ler o conteúdo, que verdade tão implícita é essa, que deve ser anunciada nos quatro cantos do mundo e que não dividiram com a justiça, com os órgãos de deveriam saber para concluir a investigação da “morte”.

    Nesse momento está havendo a noite de autógrafos, não pude estar lá no shopping, mas comprarei o livro e até final de semana posso dar um parecer.

    Só peço quem comprar também, vamos trocar e-mails, msn para trocarmos idéias sobre o lido.

    Nessa confusão toda, com toda contradição acontecendo, diz que me diz, não podemos descartar nada que possa nos levar á pistas e ao paradeiro do nosso LOVE Michael.
    Bjos.


  17. Gostei da matéria(compartilho com o raciocínio).

    OBS. Rosangela, bem analisado seu pensamento: eles devem falar isso em todos os países que os mesmos ão de ir, “Michael ama esse país e que iria nesse país para fazer um show”. Decididamente é uma jogada de marketing, mas chula…


    • Meninas,

      Também considero jogada de marketing essas palavras.
      Comprarei o livro, mas concordo quando citaram lá em cima que Joe vê seu filho como um talão de cheques.
      Lembrei de Evan Chandler, que em cima da “desgraça” do filho, só queria ganhar uns milhões de MJ.
      Comparo os dois pais, que parecem não se importar que a justiça seja feita, e sim com os $$$$$ na conta bancária.

      No caso dos dois, o dinheiro é muuuuuito mais importante do que proteger seu filho do mal que ronda esse mundo.


      • É, só em pensar que no ano que vem estarei compartilhando espaço com essa gente gananciosa dos EUA me dá arrepios!!


      • Ah, isso é muito legal.Pensa somente nas coisas boas.Quem sabe, estando lá perto, você não descobre algo maravilhoso para nós, os believes…


      • Pode deixar, pois esse é um dos meus objetivos. Só que irei entre Junho/Julho , até lá muitas águas ão de rolar


      • Sonia,eu tenho pra mim que alguma coisa vai acontecer em julho,não sei porque mas eu meti isso na cabeça


      • Ana, tudo é possível, também não descarto essa hipótese…Ficaremos em alerta!


  18. Não querendo discordar de ninguém, quero apenas explicar que a minha antipatia nada tem a ver com a educação que Joe deu aos seus filhos. Ele é pai e havia uma mãe também. Se a mãe não deixa, o pai educa de outra forma, mas isso não vem ao caso.

    Minha antipatia é pela forma gananciosa como Joe sempre viveu e continua vivendo.

    Deixo claro que também nada tem a ver com o fato de Michael amá-lo, filhos amam seus pais normalmente, sejam eles severos ou dóceis.

    Espero que agora vocês tenham me entendido, pois Michael perdeu a infância porque tinha uma voz excelente, criançinha, e foi explorado quando poderia esse Joe ter esperado e poupado ele por mais algum tempo.

    Mil beijos para todas e desculpem minha forma de pensar, mas é essa mesma.


    • Edite, por mim você não precisa pedir desculpas, não.EU CONCORDO COM VOCÊ!!!!! e acrescento um pouco mais: Eu não vejo nada de mal em uma criança entrar para o meio artístico ou executar um outro tipo de trabalho que não seja árduo.LÓGICO, que existem muitas ressalvas nesses casos.Nós sabemos, que há tempo para tudo: tempo para ser criança (brincar ou ficar de bobeira mesmo), tempo para estudar, tempo para a família, tempo para descansar, tempo para dormir, tempo para comer (tranquilamente, de preferência), tempo para trabalhar (no caso de crianças ou adolescentes, que seja um tempo mínimo.Mas, sabemos que o trabalho não só dignifica, como também, transmite muuuitos outros valores, que não conseguimos transmitir somente com palavras).Acho importante, que os pais, coloquem seus filhos, desde que não sejam bebês, para trabalhar um pouco, como por exemplo, ajudar nos afazeres domésticos.Eu estou falando de coisas mínimas, mas que ainda assim, vão ensinar às crianças muitas lições que elas levarão para toda a vida.Existem tantas crianças que fazem isto e crescem muito bem estruturadas.No próprio meio artístico há diversos casos assim.O que não pode haver são os exageros.Todo e qualquer excesso, faz mal.E não só para as crianças…Bem, o que eu quero dizer, é que, SE fosse minha função julgar, ainda assim, eu não poderia fazer isto no caso de Joe ter batido em seus filhos (sobre o trabalho já falei o que penso).Pois, eu não vi nada.Precisaria de provas para acusá-lo.Eu sei que o próprio Michael disse isso várias vezes, mas isto não é prova, é “depoimento”.E além do mais, acredito que Michael não dizia estas coisas nas entrevistas que dava, para que acusassem Joe.Acho que ele falava como uma forma de desabafo e para que o entendessem melhor, através de sua história.Acho que o principal, falando da infância de Michael, era ele não ter trabalhado da forma como trabalhou.Ele realmente não teve infância, pois os pais, aparentemente, se esqueceram de que ele era somente uma criança.E colocaram-no para trabalhar de forma exaustiva, até mesmo para um adulto, imagine para um menino…Vejam bem, não estou defendendo Joe (eu acredito em tudo o que Michael relatou sobre sua infância, mas eu sou fã.Não estou analisando o caso dele com neutralidade).Mas, também não posso jogar pedra no chefe da família Jackson.Eu não devo fazer isso, pois não faço parte desta família…O próprio Michael disse que não deveríamos “julgar” uma pessoa sem antes estar cara a cara com ela e olhar em seus olhos para saber a verdade, ouvir da boca daquela pessoa a verdade dela…Pois, então é isto que faço.Até mesmo no caso de Joe, pois acho que as palavras de Michael, valem para todos os casos e todas as pessoas.


      • Se a palavra de Michael valem para todos os casos,e vc acredita nele,não entendi,desculpa ,mas que prova poderia ter nesse caso se não a própia palavra dele,não poderiam ter fimado os maus tratos para servirem de provas,e não foi uma reportagem escrita,pois não confio muito em reportagem escrita ,eles escrevem o que querem ,ate nas gravadas e filmadas eles mudam os fatos
        Só que nesse caso foi o própio Michael quem contou dos maus tratos,e não só uma vez variaz vezes foi questionado o fato e ele sempre confirmou,claro que ele diz que perdoou o pai,Michael sendo bom como é ,claro que perdoaria,mas que ficou magoa ficou ,isso marcou ele,e não é porque Joe sai por ai divulgando justiça e falando bem de Michael que eu mudo minha opinião a respeito dele,mesmo porque se ele não fizer isso ele não vende o livro,e se esta ajudando Michael,não ta fazendo nada de estraordinario,deve ta levando vantagem nisso,e por mais que faça não paga os maus tratos contra Michael,e se Michael perdoou ele porque é pai,ele tem mais é que ajudar Michael porque é filho,se formos ver que é assim que funciona
        Mas por tudo que Joe faça,ainda tenho antipatia por ele,e ele não admite que errou,esta sempre achando que agiu certo,e se Michael não gosta do que fazem para o pai,de certa forma a culpa é dele,pois foi ele que revelou o que o pai fazia para ele,são consequencias
        Como sempre digo,essa é a minha opinião


  19. Ontem fui na noite de autografos dele, podem criticar mas a curiosidade falo mais alto,enfim,tive q comprar o livro pra pegar o autografo né kkkkkkkkkkkk comecei ler hj,logo no inicio esta assim:se vc tiver alguma informação sobre o caso(da tal conspiração né) ligue pra tal numero, exceto sobre o Dr. Conrad Murray…ué?? kkkkkkkk


  20. Eu respeito todos os comentarios aqui mencionados.
    Comprei o livro por curiosidade e para tirar e formula os meus propios pensamentos
    Afinal tudo na vida a gente tem quer analisar as duas partes da historia.Assim tambem como li o livro
    entre a magia e a loucura.
    E realmente eu penso que michael jackson morreu sim so acreditarei ao contrario se ele aparecer


  21. continuando.
    NA minha opiniao fica a mesma situacao que Elvis presley nao morreu.
    Eu sinceramente gostaria de acreditar que ele esta vivo mas isso e muito dificil de acreditar.
    Ele foi e sera o melhor de todos os tempos e jamais havera um talento um fenomeno igual a ele e imcoparavel.
    Fiquei realmente chocada em relacao as informacoes contidas da possivel conspiracao contra michael.
    E se isso for verdade ou nao teremos que aguardar.
    Porque em relacao a morte dele tudo e suspeito.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: