Archive for the ‘Amigos e outros’ Category

h1

O óbvio que ignoramos

6 de fevereiro de 2012

 

Muitas pessoas têm sentido a minha ausência, e isso tem me preocupado um pouco. E para falar a verdade isso me espanta.

Sinto que assim como qualquer bom “discípulo”, estou compreendendo que a minha missão talvez tenha chegado ao fim.

Mas o que é o fim para você?

A crença, fé ou opinião em relação a determinado assunto pode ser concreta. Ela não precisa ser gritada ou rabiscada, ela precisa apenas ser dita.

A verdade não é apenas proclamada pela fé; ela também pode ser defendida pelo silêncio.

É estranho perceber que muitas pessoas ainda se seguram na corda que eu joguei, mas não conseguiram por conta própria subir.

Eu nunca disse que a minha verdade deveria ser globalizada, ou que era obrigação ser aceita. Pelo contrário…

Existe certa glória em não ser compreendido. É como ter aquela sensação de que o mundo está todo errado, e que você poderia salvar. Um doce ilusão de ser o herói da história.

Se você pensa que é muito pequeno para fazer diferença, tente dormir em um quarto fechado com um mosquito.

Depois de 2 anos envolvida nisso tudo, nada me fará pensar que Michael se foi.

Defendi, compreendi e até me forcei em tentar evitar qualquer “tragédia” discursiva, cuja finalidade seria apenas alimentar um ego egoísta. É tão “bobo” discutir com alguém que não sabe de nada, que não caminhou ou usou o mesmo sapato que você, e que não entende a essência daquilo que não pode ser sentido.

É isso: uma fé alheia não pode ser sentida. E assim ela nunca poderá ser compreendida. O resto é apenas metáforas infelizes jogadas ao vento, que precisam apenas de 3 segundos para virarem cinzas.

Só existe aqui uma treva: a ignorância

E para certas coisas o ser humano é realmente “engraçado”.

Quem aqui nunca se deparou com aquele momento em que simplesmente ignoramos o óbvio?

Por exemplo: soa tão estranho ver milhares de pessoas defendendo o meio ambiente, mas ao mesmo tempo defendendo que o aquecimento global é coisa da “Nova Ordem”. Não é estranho ver essa mesma pessoa jogando um papel no chão, enquanto do outro lado do mundo as enchentes matam e o lixo da rua entope os bueiros? Por que ignoramos o óbvio de que as nossas atitudes de hoje serão os resultados de amanhã? A poluição atmosférica é a principal causa do aquecimento global.

Soa tão contraditório dizer que o ser humano é merecedor de uma liberdade divina, e por outro lado estamos julgando alguém por não possuir a mesma crença que a nossa, ou por talvez não possuir crença alguma. Por que ignoramos o óbvio de que o caráter de uma pessoa é definido por suas atitudes, e não por sua religião? Charlin Chaplin era judeu, enquanto Hitler era católico.

Soa tão grotesco dizer que a democrácia é direito de todos, mas ao mesmo tempo estamos perdendo tempo indo até a página de uma pessoa que se quer nem conhecemos, e jogamos encima dela as palavras mais feias já inventadas. Por que ignoramos o óbvio de que tal assunto nos atrai? Inúmeras pessoas por falta de um argumento inteligente, optam pela agressão verbal do que o diálogo.

Soa tão hipócrita proclamar a paz mundial enquanto lemos o discurso de Luther King, e do outro lado estamos brigando por coisas tão pequenas como a opção sexual de alguém, enquanto na televisão é dito que o Brasil é o país que mais paga imposto no mundo. Por que ignoramos o óbvio de que o governo nos rouba todos os dias, mas ao contrário temos tempo o suficiente para julgar um “gay”? Se isso fosse dito a cerca de 30,40 anos atrás, os jovens iam para as ruas e faziam protesto por seus direitos como cidadão e contra a corrupção. Por que perdemos a vontade de lutar por nossos próprios direitos? De nos EXPRESSAR? Por que é mais importante a vida do outro, do que a nossa própria vida?

A vida alheia é sempre mais interessante pra quem leva uma vida desinteressante.

Então quando nos deparamos com alguém que realmente tem a audácia em dizer que algo está errado, ou que talvez a sua opinião mereça ser ouvida, nos tratamos logo de defini-lo de louco. Uma forma de facilitar sua própria tarefa, talvez. 

E isso é tão cruel! 

Existe ganância demais no mundo, e nem isso os gananciosos querem dividir.

Perdemos ali a oportunidade única de aprender algo diferente, ou de talvez melhorar nosso papel como ser humano.

Por que perdemos a gentileza de ser gentil? Por que deixamos que o avanço da tecnologia nos transformasse em robôs? É tão triste ver que algumas pessoas perderam a essência humana.

As verdades não são relativas. Relativas são as opiniões sobre a verdade.

Depois de tanto tempo pensando sobre tal coisa, é preciso concretizar uma opinião.

A minha por exemplo, é convicta e dogmática. Teimosia? Talvez

Ver as coisas na semente, isso é coisa de gênio.

Não tentarei mais convencer o que seria certo ou errado, porque no final tudo depende do bom senso e da sua percepção. 

Sabe? Tudo depende de como você enxerga as coisas.

Outro dia Paris Jackson colocou em seu Twitter a palavra “believe”

O que isso realmente representa para você?

Irei propor um jogo aqui. Sejamos francos, ok?

Escolha:

1-    Ela não ama o pai e está “zombando” dos fãs

2-    Ela ama o pai, mas está “zombando” dos fãs

3-    Ela ama o pai e não está “zombando” dos fãs = VIVO

Me desculpa os demais, mas acreditar que essa garota não sabe o que é “believe” é ingênuo demais! Um pouco de bom senso vindo da familia seria bom, mas se eles realmente não se importam em parecer que não tem senso algum, é porque realmente algo de errado existe.

#reflita 

Tudo depende de como vemos as coisas, e não de como elas são.

Você nunca achará o arco-íris olhando para baixo.

Por que ignoramos o fato de La Toya Jackson pedir para assistir o filme “O Ilusionista”, enquanto o mesmo conta a história de alguém que forjou a morte?

Por que ignoramos o ÓBVIO?

Pessoas vieram até mim e disseram: – Ei, para de dizer que Michael copiou Elvis.

Quando na verdade não possuem a capacidade de perceber o óbvio: mais de 20 elementos em comum não são coincidências. Desculpa..

Sabe? Quando eu ia ao circo ainda criança, eu nunca gostei de ver números onde o contorcionista girava ou provocava contorção em seu próprio corpo. Eu sempre achei aquilo tão “surreal” e fora da realidade.

Eu gostava mesmo é do malabarista que por mais que o universo não estivesse a seu favor, ele não desistia e continuava seguindo em frente.

Se você for parar para pensar, não é isso que precisamos fazer todos os dias? Ser um malabarista na vida pessoal, na vida profissional e até emocional.

Precisamos nos concentrar para não cair.

Criei aqui o meu lema:

F.O.C.O

Surtei aqui a minha loucura, e desabafei as minhas alucinações.

E agora? Eu não preciso de nada.

Outro dia eu vi Karen Faye ser mais uma vez o palco do sarcasmo e hipocrisia, ao dizer em seu twitter que tudo estava perfeito, pois Michael estava feliz e em segurança: 


“Tudo está perfeito. Michael está em segurança e feliz onde ele está agora. Assim está você. Não se desespere”

F***

E lá vamos nós analisar isso, enquanto os demais ignoram o que é óbvio.

Se Michael Jackson foi “assassinado” por um médico irresponsável, por que raios ela diz que tudo isso é perfeito? Como a morte de alguém é “perfeita”?

Ninguém está seguro no “céu”, se não estivesse correndo perigo na Terra.

Se a morte dele foi um “acidente”, por que agora ele estaria feliz e em segurança?

E principalmente: por que ela diz para os fãs não se desesperarem, se ao que tudo indica a morte de Michael foi uma fatalidade?

ÔôÔô…

Cade o bom senso? IntrigadoIntrigado

Fé, fé, fé, fé!

Tudo isso se trata de fé..

Acordei vendo Teddy dizer em seu twitter:

 

“Isso se chama fé…confiança em Deus, de que todas as coisas são possíveis. Por favor acredite”

Uns falam bonito, outros são sinceros.

Gosto de pensar que Michael é venerado e não o contrário, gosto de imaginar que esse tipo de coisa é apenas para nos despertar, e não nos causar esperança e nos transformar em piada.

Pensar o contrário, é tirar a credibilidade do que o ser humano deveria ter. 

É generalizar que todas as pessoas são ruins e más, incluindo a própria família de Michael.

Sabe o que é isso? Eu acredito no amor.

Acredito que Michael Jackson é amado. E ele  em algum momento mereceu  o contrário? 

Acreditar que tudo se trata de negócios e manipulação é tão “pessimista”. É como querer pintar o céu de preto, quando na verdade ele quer ser apenas azul.

As pessoas estão tão possuídas pela própria falta de gosto na vida, que acham que tudo é errado, do mau e do capeta. Perdeu-se (não sei como) a fé no amor do próximo. É isso: as pessoas não acreditam mais nas próprias pessoas. Isso não é estranho? O que faremos quando não acreditarmos em mais ninguém? 

Ilusão, burrice, loucura…chamem isso como quiser.

Eu ainda prefiro ser a exceção, a minoria e a mosca do quarto.

Por que é mais fácil tampar os olhos do que ver o óbvio?

Por que é mais fácil achar motivo para NÃO acreditar?

Por que ignoramos o mais simples? 

Por que complicamos tanto?

Vou deixar aqui uma lição de casa:

– Por que Murray ainda não foi solto, quando é direito dele conquistar tal coisa?

Separe a razão da emoção, ok? Esqueça que ele “matou” seu ídolo, e pense nele como um cidadão comum.

Tudo é tão errôneo […]  

E por fim quero dizer que a minha pouca presença aqui é apenas o resultado das poucas notícias, sinais e etc. Eu sou apenas o efeito colateral disso tudo.

Chegamos em um ponto que não precisamos mais nos enlouquecer buscando saciar a nossa sede, ou até mesmo nos completar com provas para não nos fazer cair. Não deixe isso te enfraquecer.

Sonhos se tornam realidade. Sem essa possibilidade, a natureza não nos incentivaria a tê-los.

Michael está vivo para mim, e não preciso mais gritar isso. Já deixei em rascunho os meus pensamentos.

Somos uma crença, uma verdade e um ideal! O resto é resto.

Que nada nos limite. Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.

Michael is alive! 

h1

Em entrevista com Janet, radialista diz que ainda acreditam que MJ está vivo

18 de janeiro de 2012

Boa noite,

Tudo bem com vocês?

Antes de mais nada quero agradecer a boa repercussão, que os videos do Elvis alcançaram.

Obrigado por isso!

Bem..hoje prometo ser breve.

Essa notícia foi passada pela minha querida Andrea Melo, então fica aqui o nosso agradecimento. Adoro isso.

Durante uma entrevista para a divulgação do seu livro e sobre a sua vida, Janet Jackson conta sobre a semelhança entre Paris Jackson e Michael Jackson. Fala sobre o legado do seu irmão, sobre sua carreira e etc.

Nada de interessante nisso, por isso não merece ser prolongado.

Então quando a entrevista termina de forma tão rápida, e supostamente Janet não está mais no ar, podemos ouvir um dos radialistas dizendo –  “As pessoas ainda acham que Michael está vivo”, enquanto o outro radialista termina ao falar: – “Bem isso é loucura”

O áudio pode ser ouvindo a parte de 4:22 […]

O que isso significa? Nada!

Estou apenas compartilhando isso como uma denotação de que os “beLIEves” continuam fortes, e de que a nossa crença ainda consegue atingir o meio habitado pela midia e cia.

É uma pena que isso não foi dito diretamente para Janet, ou ela ouviu e não quis comentar.

#reflita 

Cerca de alguns dias atrás Dr. Arnold Klein colocou à leilão uma escrita do próprio Michael Jackson, onde foi definida pela empresa responsável pelo leilão como algo “inédito”, e que não fazia parte de nenhuma música do cantor.

De acordo com Dr. Arnold ele colocou isso à leilão, porque está com dívidas e sem dinheiro.

Oi?

Desculpa, mas eu ri!

Um médico de celebridade sem dinheiro

Sei..

Mas o ponto central aqui é o que Michael diz no bilhete.

FOCO!

O verso escito a mão começa assim “Através do mar do tempo nós nos encontraremos em praias sem fins, contando nossas bênçãos da eternidade do amor.”

“Então vamos nos encontrar nas praias sem fim, nos romper da aurora …”

Catherine Williamson da Bonhams (responsável pelo leilão) disse: “Parece que ela está escrita em formato poético.”

“Nós não conseguímos encontrá-as em qualquer uma de suas músicas publicadas, ou até talvez tenha sido um trabalho em andamento, ou é uma música que ainda não foi liberada.”

“Essas letras são bastante intrigantes, e esperamos que atraia muita atenção.”

O leilão acontece em Los Angeles no dia 23 de janeiro.

Ok…

Se Dr. Klein é realmente tão próximo de Michael como parece, pois ao contrário não teria um rascunho tão pessoal como esse, alguém me explica como ele publica um video onde fala que Murray é um ator?

#reflita 

E o mais “engraçado” de tudo isso é a letra que encontramos aqui.

Olha,

Cada um tem o direito de acreditar no que quiser ok? Mas eu definivamente não acredito que isso é uma música.

Uma música (não terminada) deveria estar na casa de Michael, e não nas mãos de um médico que já denotou que pode ser um “mentiroso”.

Vamos supor que um dia no consultório Michael pegou um papel com caneta e começou a escrever, enquanto Dr. Arnold Klein fazia o seu serviço. Soa um pouco estranho,  não?

Por que Michael Jackson não levaria o rascunho para casa? Quando você escreve algo que parece ser interessante, você não guarda para terminar ou ler depois?

E isso se torna mais interessante quando vemos que a letra retrata uma suposta DESPEDIDA, onde o próprio Michael diz que “vai embora”, mas que deseja te encontrar em uma praia sem fim.

Quando Michael utiliza a palavra “tempo”, ela demonstra o sentido do passar dos dias, meses ou até anos. Seria assim um encontro no futuro. 

E vale lembrar que Michael deixou inúmeros rascunhos antes de morrer, onde vemos claramente uma ligação indireta com a morte, legado e despedida. #reflita

A responsável pelo leilão ainda encerra e diz:

“Essas letras são bastante intrigantes, e esperamos que atraia muita atenção.”

Primeiro: é ilegal realizar um leilão com material falso, então acho que eles não são “estúpidos” de forjar isso.

Segundo: ela diz que é “intrigante” e que podem chamar atenção, enquanto a letra retrata uma despedida do Michael.

Terceiro: Se isso é “inédito” e nós sabemos que é “ridículo” Dr. Arnol estar fálido, qual é na sua opinião sobre o sentido desse bilhete, onde Michael diz para você se encontrar com ele?

Vou deixar vocês discutirem

O inevitável não acontece nunca, mas o inesperado acontece sempre

Michael is alive! 

h1

Frank Cascio supostamente pergunta se Michael não morreu

22 de novembro de 2011

Boa Tarde!

Tudo bem?

Mil desculpas por minha ausência, mas eu estava viajando.

Porém, outro motivo também me fez sumir um pouco.

Bem…eu não tenho como controlar a demanda das informações. E quando eu digo informações, eu estou me referindo  a coisas relevantes, e não informações sobre o ataque “pitch” de Murray que resolveu se matar.

As informações irão sim diminuir, mas é importante sempre se lembrar de tudo que já vimos.

Quem acredita sabe encontrar.

Quero compartilhar um descoberta fantástica da Pearl Jr, e que tem causado barulho no mundo dos beLIEves.

Antes de qualquer coisa, quero refrescar a sua memória sobre a importância de Frank Cascio na Hoax Death:

– Entrevista de Teddy Riley ao lado da família Cascio na Oprah

– Inúmeras músicas do cd “Michael” escritas por MJ e Cascios

– Família “substituta”

– Ele declarou semana passada, que viu MJ usar remédio pela primeira vez em 27 de Junho de 1999.

E etc […]

Então Frank Cascios resolveu escrever um livro sobre Michael Jackson, com o objetivo de contar para os fãs como era Michael na intimidade. (Sim, outro livro)

Não vou criticar ele, ok? A própria família vive fazendo o mesmo, enquanto sabemos que Michael “morou” por um tempo com a Família Cascios.

Esse é o livro:

E daí?

E daí que ele está promovendo o seu livro, e por isso deu entrevista para comentar sobre o conteúdo do mesmo.

Quando de repente a jornalista pergunta:

– Michael Jackson realmente não morreu?

E ele reponde ao perguntar:

– Realmente? (risos)

Oi?

– Michael Jackson realmente não morreu?

R.E.A.L.M.E.N.T.E?

  

WTF!

É engraçado observar a audácia da jornalista em perguntar isso, quando na verdade o próprio entrevistado deveria saber das perguntas que iriam ser feita. #reflita

O fato dele perguntar e responder : “realmente”, significa que ele concorda com o que foi perguntado?

A risada dele só ajuda a concretizar isso.

Por que ter dúvida sobre o fato dele ter morrido?

É engraçado observar a audácia da jornalista em perguntar isso, quando na verdade o próprio entrevistado deveria saber das perguntas que iriam ser feita. +1

E ele realmente não sabia?

Entrevista está abaixo:

Agora quero falar sobre Quincy Jones.

Para quem não sabe Quincy Jones foi produtor de MJ nos álbuns de “Off the Wall”, “Thriller” e “Bad”. Os três álbuns já venderam mais de 160 milhões de cópias.

Então quando foi perguntando para Quincy Jones; que hoje tem 78 anos; sobre a prisão de Conrad Murray, o renomado produtor respondeu:

–  Isso é uma piada

Direto de Dubai, Jones disse que se Murray não tivesse fornecido o tratamento a Michael,  o cantor teria achado outro médico para fazer o mesmo.

“As pessoas do nível de Michael conseguem o que quiserem”, disse o produtor, que ganhou um recorde de 79 indicações ao Grammy ao longo de cinco décadas. 

“Havia outros 40 médicos na fila para fazer a mesma coisa, seja ela o que for”

“Eu não sei por que um cara iria matar alguém, que está pagando a ele  U$ 150.000 por mês.”

Matéria completa

[…]

Juro que não vou comentar sobre  isso, mas por favor veja os fatos de forma “simples”, ok?

Para que complicar? FelizFeliz

Agora vamos falar da família de Michael,

Anthony Jackson é um parente de Michael Jackson, e que se auto define como ator.

Curiosamente no fundo do Twitter dele, ele usa como imagem um quadro que ficava em Neverland, e que possui entre os personagens ninguém menos que Elvis Presley

O fato de Michael mandar “ilustrar” Elvis Presley em um quadro pessoal, denota que ele sentia admiração pelo ex sogro.

#reflita

Tanta imagem para colocar, e coloca justo essa?!?!

Tsc!

Ainda falando sobre a família Jackson, Donte Jackson postou a seguinte frase em seu twitter:

 “Ordenado a viver no Céu, enquanto ainda na Terra, é possível acessar o poder de seu coração”

Paraíso + céu = coração 

Vamos analisar isso?

A pessoa em questão foi ordenada a ir para o céu,  quando ainda vivia na Terra, por isso conseguimos acessar o coração dele, porque ele ainda está aqui, quando na verdade deveria estar no céu.

Eu entendo que a pessoa é tão boa, que já tinha como destino o céu quando ainda estava viva.

Reflita comigo. InseguroInseguro

Eu adoro ver o Twitter servido de plataforma para a família Jackson, enquanto eles jogam suas incógnitas quase óbvias.

Mas normalmente as pessoas desconfiam do óbvio. Por que?

99,9% da família Jackson sabe dos beLIEves, mas parecem se “divertir” com tudo isso.  Porque me desculpa, mas essa frase acima (Paraíso + céu = coração) é muito estilo “Michael Jackson”

Hmmm…

Para finalizar só quero dar um destaque para um comentário da Paris, que esteve dias atrás apreciando o show de Chris Brown.

A TMZ chegou a postar essa foto abaixo:

E como já era de se imaginar, as pessoas acharam que no âmbito do seu prazer, a menina estava fazendo referência aos Iluminattis, quando ela apenas se divertia no show do seu ídolo.

Então ela disse:

“Ok! Agora as pessoas estão postando sobre como eu estava jogando sinais de Iluminattis e até gangues, quando tudo que eu fiz foi apenas um coração? WTF!”

WTF! (risos)

Desculpa, mas eu amei isso.

Isso soa como uma música para os meus ouvidos.

Conseguiu sentir o grau de “ódio” que ela sente, ao falar dos assassinos do pai dela?

Por fim,

Para que pensar? Se em minha volta existe um mundo de respostas.

Michael is alive! Paz e amorPaz e amor

h1

Antigos guarda-costas de Michael Jackson defendem Conrad Murray

7 de novembro de 2011

Bom Dia!

Sei que os nervos estão a flor da pele, mas o momento pede mais calma do que nunca.

Enquanto os jurados decidem o futuro de Murray, quero compartilhar uma entrevista onde os antigos guarda-costas de Michael defendem Murray

Sim, sim…é isso mesmo.   Hum, não fui eu!Hum, não fui eu! 

Tradução:

Dois dos antigos guarda-costas de Michael Jackson estão se manifestando em defesa do Dr. Conrad Murray, dizendo que ele não é um criminoso. Javon Beard e Bill Whitfield estão dizendo: “Nós sabemos que se ele estivesse vivo, ele não gostaria que o Dr. Conrad Murray fosse julgado”, disse Beard. “Não há nada no inferno para justificar que ele queria matar Michael Jackson. Por que ele iria matar o seu salário? ”

Antigos guarda-costas de Michael, compartilham novos detalhes sobre a relação de Jackson com Murray. “Ele eram amigos”, disse Beard.

Murray está sendo julgado por homicídio involuntário.

Os promotores dizem que sua negligência causou a morte de Jackson, mas antigos guarda-costas de Jackson dizem que o testemunho tem sido injusto com Murray. “Vendo como Dr. Murray está sendo apontado, eu olho para o julgamento e posso ver, você sabe, aquele tribunal não seria suficientemente grande para conter o que sentimos, e quem seria responsável,” disse Whitfield.

Em uma entrevista com um repórter da ABC em Las Vegas, Beard e Whitfield disseram que estão convencido de que alguém que não seja Murray foi medicar Jackson durante o dia, para ajudá-lo a se preparar para a agenda de ensaios. “Dr. Murray pode ter ajudado o Sr. Jackson a dormir. Nós certamente acreditamos que houve outros médicos que o ajudou a ficar “, disse Whitfield. “É muito maior do que o Dr. Conrad Murray”, disse Beard. “Isso não é uma pergunta em nossas mentes.”

O que esses caras estão dizendo basicamente, mesmo sendo tão difícil para bilhões de fãs ouvirem, é que Michael Jackson era como qualquer outro viciado com dinheiro o suficiente, para ser sempre capaz de encontrar alguém que falasse sim.

Eles insistem em dizer que seu chefe teria ficado desapontado ao saber que sua vida estava sendo examinado durante um julgamento público, e ele teria odiado saber que seu médico de confiança estaria sendo acusado por sua morte.

Fonte: ABC

Quer chamar de auto promoção? Se sinta livre!

Juro que não comentarei sobre isso!

Mas por favor…

Eles dizem:

Por que ele iria matar o seu salário?

(risos)

Eu sempre disse isso aqui.

Por que raios Murray mataria sua galinha de ouro?

 

Aliás,

Eles ainda dizem:

“Michael Jackson era como qualquer outro viciado com dinheiro o suficiente, para ser sempre capaz de encontrar alguém que falasse sim”

 Again? Familia, amigos, guarda costas…

Todos dizem que Michael era um viciado.

E para finalizar:

“Nós sabemos que se ele estivesse vivo, ele não gostaria que o Dr. Conrad Murray fosse julgado”

Vou me calar.

#reflitam!

Por que o nosso mal é este: pensar demais

Michael is alive!  

h1

Michael Jackson leu um livro chamado “This is it” antes de morrer

16 de agosto de 2011

Boa Tarde!

Desculpem a minha ausência, mas ando bem corrida.

Antes de qualquer coisa quero agradecer aos “Parabéns” pelo meu aniversário, e eu fico muito agradecida pelo carinho de todos no Facebook, Orkut, Twitter, Blog e por ai vai.

Muito obrigada mesmo!   

Eu desejo o mesmo para vocês todos os dias, afinal todos os dias temos que desejar somente coisas boas.

Prometo ser breve hoje.

E os créditos vão todos para a Andrea Melo.  Obrigada flor por compartilhar isso comigo, e por entender que uma ideia guardada não merece ser chamada de ideia.

Para quem não sabe a Rev. Juliet Gatlin é uma pessoa próxima a Michael Jackson.

Ela é uma conselheira espiritual e curadeira, que é reconhecida mundialmente. É a maior autoridade quando o assunto é espírito humano, dentro do reino da profecia e da cura, e trás consigo os sentimentos mais íntimos de expressão verbal.

Rev. Juliet Gatlin escreveu a seguinte carta sobre Michael Jackson:

Michael Joseph Jackson RESPIRA Eternamente:  
Rev. Juliet Gatlin escreveu em Junho para: 
Deborah Campise Kunesh e Associados: 
Bênçãos abundantemente merecidos para você, famílias, todos os que você honra com amor. 
Muito apreço para o seu (inclusive) um extenso trabalho digno, profundamente dedicado a pesquisa. 
O honrado Michael Joseph Jackson foi profeticamente declarado “Redimido” por Deus Altíssimo e o Divino Espírito Santo.
Data da Declaração Espiritualmente ordenada em: sexta-feira. 09 de maio de 2008 (Las Vegas, Nevada).

Ele também recebeu um título do Capítulo do Livro da Vida: “THIS IS IT” 

A Palavra positiva em muias obras estão contribuindo para comemorar a verdade, com os fatos para fazer justiça ao grande Rei da música e ao seu legado majestoso.

Indivíduos camuflado dentro inimigo, fluindo com plenitude a ganância, a discórdia e ódio, estão sujeitos a fazer o mal, e assim para atingir os objetivos maliciosos maldosamente. Evan Chandler, mentiroso, está morto, a vida supostamente retirada por sua própria mão. Esta ação não necessariamente reivindicou nem o libertou do terrorismo,  infligido na vida honrada de Michael. 

Quando alguém é chamado e escolhido para fazer, contribuir com um trabalho de grandeza,  e ordenado ainda dentro do útero da mãe, para nascer e fazer o que Seu Criador Supremo define.

Não haverá a dor e nem a mágoa. Tudo encontra-se com insinuações, e ingratidão inebriante, e assim deve-se proceder com os deveres de direito. E Michael fez isso.

Jesus fez, Dr. Martin Luther fez,  Gandhi fez, Joana D’Arc  fez, e por  fim Madre Teresa.

Muitos o fizeram, têm feito e devem ser revelados. Proclamar assim a presença do amor. Michael compartilhou e respeitou cada um.

E Ele perguntou: “June, como você faz isso?” 
Minha resposta: “Nós subimos para a ocasião, e podemos desmoronar mais tarde!” 
Eu compartilhei uma analogia: “O show tem que continuar.” Michael, o homem a quem Ele é, entendeu, e suportou”

Antes de mais nada, eu aprecio o trabalho da senhorita Deborah Campise Kunesh.  Outros escreveram mentiras sobre minha vida, denegrindo o que eu sou. Vergonhoso! 
Eu digo, tenho escrito sobre esses para a CBAS. São propagadores do ódio demoníaco, talvez como uma forma de pena por suas almas perdidas

Michael Joseph Jackson é um santo. Sua compaixão, seu altruísmo, sua vida amorosa e seu amor de TODA a vida sempre ficarão.  O Altíssimo determinou a sua Santidade sem a sanção de qualquer humano. E eu o fiz declarar como o indicado. 
Eu não tenho escrito em profundidade sobre o meu tempo precioso com Michael, no entanto, eu sei o que ele iria fazer. Ele aparece, revelando sua eternidade amorosa na maioria dos aspectos dos humanos, o qual ninguém pode negar, então …

Graças a alguns de vocês (inclusive) que eu determino que a obra de Michael continue, compartilhe a plenitude maravilha do seu amor notavelmente majestoso. 

[….]

FOCO!

O honrado Michael Joseph Jackson foi profeticamente declarado “Redimido” por Deus Altíssimo e o Divino Espírito Santo,  no dia de  9 de maio de 2008

Que capítulo de livro que Michael leu?

Ele recebeu o Capítulo do Livro da Vida: “THIS IS IT”  

Oi?

O livro foi escrito em 12 de março de 1973,  por Alan Wilson Watts.

Alan escreveu mais de vinte e cinco livros e muitos artigos sobre assuntos como identidade pessoal, a verdadeira natureza da realidade, alta consciência, sentido da vida, conceitos e imagens de Deus e a busca da felicidade.

Ele divulgou o Zen […]

Busca da felicidade?

E Michael leu esse livro em 2008 […]

#reflita!

Eu fui pesquisar o tal livro, e achei a sinopse dele.

Na verdade eu não sei se é o mesmo livro, mas ao que tudo indica sim. Afinal, ambos os textos falam sobre espírito, alma, matéria e por ai vai:

“Os seis ensaios deste volume, inclui a relação da experiência mística à vida normal.  “Espiritualmente e Sensualidade”, uma animada discussão da falsa oposição entre espírito e a matéria, e “The New Alchemy”, um relato equilibrado de estados de consciência semelhante à experiência espiritualizada com a ajuda do ácido lisérgico. A coleção também inclui o texto do  “Energia  Praça Zen, e Zen”.

Hmm….

Em resumo o livro fala sobre o seu corpo e a sua alma, o seu corpo você perde ao morrer, mas para alguns a sua alma viverá para sempre. A sua alma é você! O seu corpo apenas transporta a alma.

Muito interessante!

Então quer dizer que Michael estava lendo um livro cujo o nome era “This is it”, e que por “coincidência” viria a ser o nome do seu filme PÓS morte?

E o melhor: o livro fala sobre o corpo deixando a vida, mas a alma permanecendo vivo?

WTF!

Aliás isso me lembrou de algo.

Eu sei que alguns não gostam de ouvir falar sobre isso, mas se você está se incomodando favor se retirar.

Elvis Presley tinha uma forte ligação com o espiritismo, e adorava livros que abordavam essa busca divina do espírito se desprendendo da matéria. Tanto é que Elvis era amigo de Daya Mata.

Aliás hoje faz 34 anos que Elvis “morreu”

Será que ele já achou o caminho em busca do espirito?

Enfim,

Eu adorei isso!

Como podem ver, Michael parece que se “inspirou” no livro para colocar o título na turnê.

Isso seria lindo se não fosse por um simples detalhe: o livro falava sobre a alma.

É esse o FOCO e sempre será: o legado de Michael. O seu corpo se foi, mas a sua alma sempre ficará através de seus trabalhos, fãs, mensagens e amor.

Ainda não perceberam isso?

Ele estava em busca da separação da Alma X Matéria, assim como Elvis.

E o que deixou? O legado!

Essa deve ser a razão pela qual a Rev. Juliet Gatlin pede tanto para você ouvir as palavras dele, valorizar seu legado e assumir que Michael é um santo.

É interessante quando ela fala que Michael foi redimido por Deus em 2008, e ali proclamou ele como santo. Isso não deveria acontecer depois da morte dele?

Putz, quase esqueci!

Michael era um profeta..[…]

Falando rapidinho sobre o tributo (que vai, volta, sai, não sai..)

Por que existe tanta dificultade em organizar um evento, e por que ninguém parece querer estar nesse evento?

Pense seriamente sobre isso!

A inteligência procura, mas quem encontra é o coração

Michael is alive! 

h1

Os seguranças de Michael se cumprimentaram no dia 25 de Junho

18 de julho de 2011

 

Boa Tarde!

Como vocês estão?

Eu vim aqui rapidinho para compartilhar algo incrivelmente “cômico”, para não dizer lamentável.

Sabe como é né?

Porque nosso mal é este: pensar demais!

Você deveria estar assistindo TV, comprando, comendo, dormindo, dançando, mas nunca pensando.

É proibido pensar!

No mundo globalizado ou você compra, ou você é comprado!

Isso é apenas a introdução dos próximos assuntos que iremos falar aqui. [..]

Agora me deixa compartilhar o assunto de hoje,

Uma fã fez um video, mostrando uma flagra dos seguranças de Michael Jackson. O video foi transmitido por um Jornal americano, então a fã apenas deu foco na suposta imagem suspeita.

Murray ligou para o 911, a ambulância está socorrendo Michael Jackson, enquanto o Helicóptero sobrevoa a casa de Michael.

É quando SUPOSTAMENTE surgem seguranças que se encontram no fundo ou em alguma parte interna da casa, e se cumprimentam “comemorando” o que tinha acabado de acontecer.

Sabe quando você encontra um amigo, e cumprimenta batendo a sua mão na dele?

E a coisa se torna mais interessante ainda, porque podemos observar que o segurança supostamente coloca a mão na barriga em um possível preparo de riso, e então se prepara para cumprimentar o outro segurança.

Independente se é o fundo da casa ou não, a questão aqui é atitude dos seguranças, apenas isso.

Obs: O video está editado, mas a cena dos seguranças é na casa, e depois corta para o UCLA.

Resumindo: ao que tudo indica Michael já estava morto, e os seguranças estão “comemorando” o tal acontecimento. De acordo com a afirmação dos RIPS (que fizeram o video), eles estão comemorando a morte dele.

Pode ser seguranças deles sim, porque a imagem é da casa. Eles estão de paletó, e naquele momento só se encontra a ambulância, Murray dentro da casa, a familia de MJ dentro da casa, e os paparazzi lá fora.

É algo assim: seu chefe acabou de morrer (o REI DO POP), ou pelo menos você sabe que ele está muito mau, mas ao invés de prestar atenção no serviço, você vai lá para os fundos ou canto da casa, e vai cumprimentar o seu colega?

Oi?

Momento perfeito não? DAMN!

É óbvio que isso é estranho!

É como saber que o mundo está acabando, e pedir um café com biscoito.

A cena pode ser vista no 0:12, ou no 0:35 de forma mais lenta.

Seria algo assim:

 

WTF!

Wait! Isso é apenas uma hipótese ok? Não estou afirmando nada.

Você cumprimenta alguém quando faz tempo que não viu ela, ou quando é a primeira vez que está vendo naquele dia.

Se eles até o momento da morte do Michael, estava em um dia de trabalho comum, por que se cumprimentarem justo naquela hora? Será que isso é mesmo um cumprimento? #reflita

O que seria de nós sem o Youtube? rs

E tem mais!

Quando o resgate chegou, todas as pessoas tiveram que sair da casa para evacuar a área.

Agora me diz:

– O que esses seguranças estavam fazendo ali?

Eles estavam nos fundos da casa, porque estava escondidos..rs (fail or not)

Eu não posso ignorar o que já se tornou cansativo para nós. Não sei como as pessoas olham para essa ambulância praticamente parada, e acham isso normal.

E claro que não tem como ignorar, o número da ambulância que saiu com o número 71, mas que chegou ao hospital com o número 70 e etc. Como um passe de mágica!

Aliás soma tudo que já vimos até hoje, quando o assunto é essa ambulância.

Enfim…

O que eu disse no post anterior?

Tudo depende da sua PERCEPÇÃO!

O que você está vendo?

O difícil é aprender a ler, porque o resto está escrito

Michael is alive! ComemorandoComemorando

Obrigada Tathy por compartilhar isso comigo. Amo você amiga.

h1

Taj Jackson posta foto de Londres de Michael Jackson

11 de julho de 2011

 Boa Tarde!

Desculpa a ausência, mas infelizmente não posso controlar a demanda das coisas.

Bem…

Todos sabem que Taj Jackson é o sobrinho do Michael certo?

E por mais que AGORA eles insistam em dizer, que Michael realmente morreu. Me parece que eles também se perdem na própria crença.

Taj Jackson fez um filme ou algo nesse sentido, cujo o nome é Código Z. Claro que ele tinha que colocar Thriller no meio. Para que perder a piada? “Isso é uma homenagem”, eles dizem.

Então Taj Jackson esteve comentando no seu twitter pessoal, que comprou uma nova câmera digital, e que iria postar em breve fotos que tirou com ela.

A câmera se chama “MJ”  Hum, não fui eu! Hum, não fui eu! 

“Zumbis estarão atirando mais tarde, com a minha câmera Epic “MJ” para o Código Z. Eu irei postar algumas fotos está noite”

E cade as fotos?

Ao entrar no Blog do sobrinho de Michael, você se depara com o mesmo post sobre a tal câmera.

O mais interessante é a foto que o rapaz coloca no post.

Adivinha qual?

A mesma foto usada em “Nos vemos em Julho 2011”

WTF!

E não tem nem como ignorar, que Michael está retratando que ele está atrás das câmeras = Liberian Girl

Vixi!

O que ele disse acima? Que a câmera se chama MJ, ou no português Câmera “MJ”

Sendo assim, qual é a lógica dele chamar a câmera de MJ, e postar uma foto onde Michael está atrás das câmeras? Quando o assunto em questão é a câmera dele?  

Oi?

Ele não teria que colocar as fotos do tal passeio dele? #reflita!

Agora meu caro,

Eu já disse que sou fã de carteirinha, quando o assunto for a volta de Michael em Julho de 2011. (Mesmo não acreditando muito nisso)

Porém, o caso aqui é:

– Taj Jackson NÃO sabe que essa foto, faz parte das crenças dos beLIEves em relação a Julho?

#Ahãm…senta lá!

Me parece que os parentes de Michael Jackson, ficam perdendo tempo vendo o que os beLIEves comentam. (+9238…)

Depois nos chamam de louco!?!?! A família diz que isso é falta de respeito, mas brincar com os fãs é o que?

Eu queria ter a oportunidade, de mostrar o meu lado insano.

É sério que acha que isso é uma coincidência?

Lembrei do dia que falei com Taj Jackson no telefone, com aquela voz fininha dele.  [..] 

Em relação ao site michaeljacksonhoaxdeath.com, eu tenho apenas uma única coisa para dizer:

– E dai?

Tudo que sabemos, não teve origem algum vinda dele. So…?

Logo vi que isso era #mimimi quando a contagem regressiva parou, e ele continuou tentando segurar os fãs dentro da página.

Remember? Eu falei disso aqui.

Me diz o que ele  ganhou com isso? Cri cri cri

Você tem que fazer coisas boas, para as pessoas imitarem você. E não fazer coisas ruins.

Um bom exemplo, é sempre algo contagiante!

As mentiras começam com as verdades,

É melhor se magoar com a verdade, do que se iludir com a mentira.

Michael is alive!  

h1

Tmz posta notícia sobre Adam Ant e “V de Vingança”

4 de julho de 2011

Boa Tarde..

Por que tão sério?

Se tudo se tornou duvidoso, então pelo menos a dúvida é certa e real

Why????

Cause…

TMZ is back! IntrigadoIntrigado

A tão deliciosa TMZ postou um matéria falando sobre o cantor Adam Ant, e comparou ele com o personagem de V de Vingança.

Leia:

“Adam Ant para Vendetta?

Aqui está o cantor britânico Adam Ant  em Londres na semana passada (à esquerda) – e Hugo Weaving como V no filme de 2006 “V de Vingança” (direita).

Um deles explodiu nos anos 80″

Londres? WTF!

Você deve estar se perguntando:

– Qual é a ligação disso com Michael?

Primeiro: Londres = V de Vingança, Conferência de This is it, Breaking News..

E dai? Isso é coincidência? Me responda depois.

Na verdade nós temos uma ligação mesmo, de um  telefonema entre Michael Jackson e Adam Ant

Leia:

“O toque de um telefone corta drasticamente através do meu sono. Eu me atrapalhei ao atender. “Olá?” Um suave voz estridente ecoou para baixo da linha. “Olá”, repetiu. “É o Adam Ant?” A voz tinha um sotaque americano , e parecia vagamente familiar, mas meu cérebro confuso reagiu com irritação.

“Terry?” disse eu, pensando que era um dos bateristas dos The Ants.“Para p******, são 04:00hs  e eu estou tentando dormir. “

“Não, não é Terry “, disse a voz. “É o Michael. É o Adam Ant? ‘

“Muito engraçado Terry, agora vai se f*****”. Bati o telefone, virei, e tentei voltar a dormir, quando o telefone tocou novamente.

“Olá”, eu resmungava no outro lado da linha. “Oi, eu realmente sou Michael Jackson”, disse a voz engraçada “Eu só quero te pedir…”

“Terry! Se você não parar com isso eu vou #$¨#$¨#@#$@”.

Mais uma vez o telefone tocou.

Eu agarrei e grite: “Terry! É isso!”

“Oi, o que é Adam Ant?” Desta vez, a voz era profunda e calma. Não se parecia em nada como Terry.

“Oh, oh!” gaguejei. “Sim, este é Adam. Quem é você?”

“Eu sou Quincy Jones falando de Los Angeles. Desculpe, nós provavelmente acordamos você, mas eu estou aqui com Michael Jackson, e ele gostaria de falar com você. É que ele ok?” Uma pausa, e então a mesma voz suave disse: “Oi Adam é Michael. Me desculpa se se acordei você”.

“Oh não, me desculpa por te sido tão rude.”

Ele disse que tinha acabado de ver o vídeo de nossa música da fronteira selvagem. “É ótimo”, disse ele. “Como você conseguiu esse som?

“Oh, obrigado. Bem usamos dois kits de bateria, e depois adicionamos cargas de percussão uma encima da outra “

“Isso é ótimo Adam!”, “Eu realmente gosto de seu casaco. Onde você conseguiu isso?”

“Huh? Minha jaqueta?” Eu tentei pensar. “Berman e Nathan em Covent Garden de Londres. Eles fornecem figurinos para filmes. “

‘Uau. Isso é ótimo “, respondeu ele. “Como se escreve isso? Berman e quem?

“Não, BERMAN-apóstrofo-S e NATHAN-apóstrofo-S. “

“Ótimo, obrigado. Vamos nos encontrar na próxima vez quando você estiver na América. Bye”

[..]

hehehehe,

era mais fácil eu jogar o telefone na janela, do que acreditar que era Michael.

Enfim,

E aqui podemos ver Michael com a Jaqueta que comprou  “igual” ao Adam Ant.

Desculpa, mas eu ri!

V de Vingança?

Se lembre, se lembre, do 5 de novembro…

Vindo da TMZ:

Isso é coincidência?

Aliás, viram que o Twitter oficial de Michael andou fazendo perguntinhas sobre Os Simpsons?

Hihihihihi  

Me parece que a equipe de Michael, fica perdendo tempo vendo o que os beLIEves comentam. +9048534 (A Saga)

TMZ, TMZ..sempre TMZ.

Se eu pareço confuso, é porque estou pensando

Michael is alive! 

h1

Novo video de Michael Jackson cantando com Barry Gibb

6 de junho de 2011

Olá, bom dia!

Sim, sim, sim…eu sei.

Eu sei que têm pessoas jogando a toalha, fechando a porta, se calando e aceitando. Como eu disse antes, tudo fazer parte da sua percepção.

Eu também estou cansada, mas quem não está?

Meu conselho é se distraírem, estudarem, ouvir músicas, sair, namorar, dançar, ouvir muitooooooo Michael Jackson e viver!

Algumas coisas começam a acontecer, quando começamos a acreditar nelas.

Pense nisso.   

A melhor forma é não enlouquecer, mais do que já enlouquecemos.

Bem,

Barry Gibb disponibilizou uma segunda parte do video, onde ele e Michael estão gravando “All in your name”.

Nós já falamos sobre isso aqui.

Barry disse claramente que a música é uma mensagem para os fãs, e que Michael queria que os fãs escutassem isso. Ele insistiu e pediu para os fãs escutarem TODA a música.

Eu disse:

E por uma coincidência tão incrível do destino, Michael morreu logo após deixar essas mensagens, e hoje é publicada uma música que se trata de uma mensagem para os fãs,  pedindo para seguirem ele para os portões do céu.

Também falei os bilhetes que Michael deixou para Barry.

É essa a forma que Michael encontrou para falar com os seus fãs, porque morto não fala. Morto deixa algo para ser lembrado, e por isso Michael deixou seus lembretes. Ele não podia esquecer de falar isso antes de partir.

[…]

Segue o video já com legenda:

“Nós podemos superar. Ficar de pé e agüentar.

Só Deus sabe que é só por vocês.

É tudo em seu nome.

Me carregue para os portões do céu..”

WTF!

Se a música é uma mensagem para os fãs, de quem você acha que ele fala, quando diz que é tudo por vocês?

“Me carregue para os portões do céu..”

Coincidência?

#chamacláudia!

I Love it.

Essa música “All in your name” foi gravada em 2002, e por lógica do video é de 2002.

Agora quero que me acompanhem em um “Vale a pena ver de novo”, sobre a importância do ano de 2002 para nós beLIEves.

– Em 2002 Michael comprou um caixão de ouro, que por coincidência seria enterrado em 2009.  O caixão é igual ao caixão de Elvis Presley e James Brown.

–  Em 2002 Michael previu como seria o seu próprio velório, ao responder como gostaria que fosse o dia do seu enterro. Por coincidência ele acertou! “É o maior espetáculo da Terra!”

– Em 2002 Michael deixou  uma mensagem gravada, que virou música  co-produzida por Steve DuBerry, e lançado em 2010 por Jackie Jackson. Na letra Michael diz:  “Juntos podemos mudar o mundo, juntos podemos ajudar a acabar com o racismo. Juntos podemos acabar com os preconceitos. Nós podemos ajudar o mundo a viver sem medo”

– Em 2002 Michael estava enfrentando acusação de abuso sexual infantil, enquanto sua mãe repetiu as roupas daquele ano durante as audiências de Murray.

– Em 2002 Michael disse em uma gravação sobre as ameaças de morte, e disse que gostaria de fazer um filme como um novo super herói. Na ligação ele diz que pretende fugir

– Depois da morte de Michael foi encontrado uma carta de um médico de 2002, onde ela fala sobre o programa de um remédio que Michael deveria tomar por 7 dias. O médico finaliza a carta falando: This is it

– O testamento apresentado depois da morte de Michael, foi escrito no ano de 2002. Joe Jackson disse que o testamento é falso

– Em 2002 Michael lança o cd “Invincible”, e vem a público criticar o até então diretor da Sony; Motolla. Começaria aqui as supostas “ameaças”.

– Em 2002 Michael aceitar abrir as portas da sua casa para o jornalista Bashir. O documentário foi totalmente editado, colocando Michael como uma pessoa desiquilibrada, doente, pedófilo e louco. O documentário conseguiu prejudicar a imagem de Michael Jackson, e trouxe para o nosso amado muita dor de cabeça e sofrimento.

Como podem ver, 2002 foi sim um ano importante.

E sim, acredito que a HOAX DEATH foi algo bem traçado e arquitetado.

“Michael Jackson congelado aos 50 anos”, clipe leave me alone.

Desculpa quem não acredita na mesma coisa que eu, mas na minha visão Michael sempre quis sair da vida…como Elvis.

Quero falar algo aqui, que vale a pena ser refletido.

Semana passada lançou o  filme “X-Men, primeira classe”.

Durante uma entrevista com a imprensa, o produtor do filme disse:

“Uma das histórias mais interessantes e divertidas da recente conferência da indústria de cinema, produzida pelo respeitado produtor Ralph Winter, onde ela revela que Michael Jackson tinha feito lobby por um papel no filme X-Men – primeira classe”

Desculpa, mas eu não resisti.

Lembrei do plano de fulga do Michael, onde ele diz claramente queria fazer uma história em quadrinhos, super heróis e etc.

Do filme que ele estava fazendo, mas que até agora ninguém sabe o nome. Lembrei também de Megamid e etc.

Para finalizar, TMZ acaba de postar:

“A jaqueta de Michael Jackson do lendário “Thriller”, deverá bater o leilão em Beverly Hills daqui a poucas semanas.  Isso claro, se você tiver  U$ 400 mil de reposição para investir.

 A jaqueta  que MJ pessoalmente autografou para seu antigo figurinistas, deverá render entre U$ 200 mil a U$ 400 mil dólares. Embora eu não ficaria chocado se ultrapassaram meio milhão.

A jaqueta é um dos vários itens de MJ que estavam em destaque no evento da Julien’s Auction entre 25 e 26 de Junho. Entre as peças mais interessantes, temos a peruca que Michael usou em seu “This Is It” e em entrevista coletiva em Londres,  e uma luva que ele usou  no American Music Awards”

[..]

O que isso significa? NADA! Apenas para atualizar.

Sim, eu acredito que Michael estava usando peruca em Londres. Só que isso não significa que ele estava careca, afinal em “THIS IS IT” vemos claramente o cabelo natural de Michael. Onde supostamente o mesmo desejava voltar a usar, o mesmo tipo de cabelos dos tempos de “BAD”: enrolados e soltos.

AIII! Isso mata viu.

Londres, This is it“Vejo você em Julho”.

Por fim,

A idéia que não é perigosa, não merece ser chamada de idéia

Michael is alive!

h1

Kathy Hilton diz que Michael morava em seu Hotel

1 de junho de 2011

Bom dia..

Quero falar sobre algo bem interessante com vocês, mas que é preciso um tempinho para a reflexão de tal questão. Sabe aquele tipo de coisa que somente pensando bem, para entender o verdadeiro objetivo?

Kathy e Paris Hilton que são mãe e filha, estiveram dando uma entrevista para a CNN ontem, até que chegaram ao assunto: Michael Jackson.

Sim, Michael era muito próximo a família  Hilton. Dizem por ai que foi por essa amizade, que Michael colocou o nome de Paris com o mesmo nome de Paris Hilton.

Irei disponibilizar a tradução da entrevista para vocês.

Mas não esqueçam amados: F.O.C.O! Não chegamos até aqui tapando o sol com a peneira, pelo contrário…nós tiramos ela.

A entrevista  se encontra aqui

Morgan: de volta com as Hiltons. Kathy, isso é fascinante. Várias pessoas dizem ter conhecido Michael Jackson.  Você realmente foi para a escola com Michael Jackson, e você ficou amiga íntima dele até o final de sua vida. E você nunca falou muito com ele  em público, não que eu pudesse ver.  Conte-me sobre seu relacionamento com ele.

Kathy Hilton: Nós nos conhecemos quando eu tinha 13 e ele tinha 14 anos, então desenvolveu uma amizade e um laço ao longo dos anos. E nós sempre mantivemos contato. E então quando me mudei para Nova York,  nós sempre íamos ao seus shows. Você sabe…nós fazíamos trotes juntos, e nós éramos crianças. Ele veio visitar Paris quando ela nasceu.

Morgan: Ele estava lá quando Paris foi trazido a este mundo?

Kathy Hilton: Ela estava com poucos meses de vida.

Morgan: Sério?

Kathy Hilton: Ele acabou indo para o Waldorf por seis meses, quando estávamos morando lá há oito anos. E pouco antes de morrer ele estava no Bel Air Hotel, onde estávamos morando, enquanto estávamos reformando a nossa casa. Então ele estava morando fazia três ou quatro meses, em um de nossos hotéis.

Perai!

Ela está dizendo que Michael morava no Hotel Bel Air antes de morrer?

Interessante isso, por que ele não morava na casa em que ele morreu?

O mais interessante ainda, é que o Hotel se encontra próximo a casa em que Michael morava.

Eu procurei o Bel Aire Hotel http://www.hotelbelair.com/location,  e parece que Michael alugou a casa na 100 Carolwood Drive (onde ele morreu), e o  Hotel Bel Aire está apenas poucos quilômetros de distância da casa.

Realmente eu não entendi,

Como que ele morava em um Hotel e morreu em outra casa?

Tudo bem..aqui pode existir duas interpretações ok? Em nenhum momento Kathy diz quando Michael se mudou, ela apenas diz que ele morava lá antes de morrer. Michael frequentava o Hotel pouco tempo antes de morrer, e isso poderá ser visto na imagem abaixo.

O fato é: vamos supor que Michael se mudou do Hotel para a casa, cerca dois meses até a sua morte. Existem relatos de que fãs se aglomeravam na frente na casa, mas quase nunca Michael aparecia.

Todos sabiam onde Michael morava, até porque existia um paparazzo que vivia na frente da casa dele, e foi o mesmo que filmou a ambulância. Se lembra dele? É amigo intimo do Michael.

Então te pergunto:

– Por que nunca ninguém conseguiu ver Michael nessa casa? Nem mesmo o paparazzo que teve a sorte de estar justo no minuto, em que Michael estava morrendo?

– Por que ele supostamente se mudou tão rápido para essa casa?

Seria porque ele queria morrer perto da casa de Elvis Presley? hihihihi

IntrigadoIntrigado

Entende o que eu quero dizer? Acho estranho não ter nenhuma foto de Michael saindo dos ensaios, entrando em casa, ou perto desse local.

Isso entra em grande contradição, quando paramos para pensar nas fitas da casa que o FBI deletou, no caminhão de mudança que estava na casa no dia seguinte e etc.

Me lembrei do episódio em que a ligação para o 991, foi feita a partir de um Hotel localizado próximo à casa de Michael.

Nós já falamos sobre isso aqui

A ligação não partiu do mesmo Hotel, mas a ligação partiu de um HOTEL, e não da casa do Michael. Entende?

Conseguem me acompanhar? Isso pode ser um sinal do Michael.

Sendo assim se Michael morava mesmo no Hotel, então o FBI deveria usar o Hotel para a reconstrução do cenário nas investigações. Afinal, os últimos dias de Michael foram no quarto desse hotel.

OMG!

FBI sabia disso? Que novidade é essa agora?

Sem comentários.

E agora sim parece que o desaparecimento das fitas de vigilância, começa a ter algum sentido para nós. Se bem que o motivo é óbvio: não tem nenhum crime para mostrar.

Talvez ele realmente estivesse morando no Hotel, e usava a casa para despistar a imprensa. Usou a casa apenas para uma única finalidade: morrer nela.

Achei algo aqui.

Michael esteve no Hotel Bel Air em Abril de 2009, para uma reunião secreta com os seus acessores.

Ou seja: ele realmente frequentava o local!

Enquanto dois  meses depois Michael estaria morto..

Foto dele deixando o Hotel:

[CONT..]

Morgan: Falamos sobre conceitos errôneos com Paris. Quais foram os equívocos sobre o Michael. O que você acha?

Kathy Hilton: Bem ele não era um “bobo”, mas era generoso, amoroso, doce, inteligente, esperto, e claro um pai maravilhoso.  No Hotel Bel Air, ele não tinha nenhuma babá perto dele. E quando eu ia pegar as crianças para levá-las em algum lugar, ele estava escovando os cabelos, ou abotoando a blusa, e sempre tão caloroso e maravilhoso. E eu o amo. Toda a sua família, eles são realmente uma família maravilhosa, linda.

Morgan: Onde você estava quando soube que ele morreu?

Kathy Hilton: Eu tinha acabado de voltar para o hotel. 

Morgan: Como você ficou sabendo da notícia? 

Kathy Hilton: Minha assistente me disse.  E eu literalmente cai no chão. Minha irmã veio,  me pegou e fomos diretamente para a casa, porque eu achava que as crianças estariam lá.

Oi?

“..me pegou e fomos diretamente para a casa”

Se você olhar as imagens daquele dia, Kathy Hilton chega primeiro na casa de Michael do que a própria família dele.

[CONT..]

Morgan: Você foi ao hospital quando…

Kathy Hilton: Sim.

Morgan: Qual foi a cena de lá?

Kathy Hilton: As crianças, Sra. Jackson e todos os irmãos e irmã estavam no quarto.  Eles só choravam e se abraçavam. E este é um pai que era assim com seus filhos.  Ele era dedicado desde que eles nasceram, levantava cedo para estar com eles.  E então Latoya e Randy me levaram para dizer adeus. Acho que se eu não tivesse visto, eu nunca iria acreditar que ele se foi. Porque mesmo ele sendo um amigo, ele era uma pessoa tão poderosa.

 hehehe..

E as pessoas poderosas não morrem?

[CONT…]

Morgan: Ele estava ainda vivo quando você ..

Kathy Hilton: Não

Morgan: Você disse alguma coisa?

Kathy Hilton: Sim

Morgan: O que você disse?

Kathy Hilton: Eu coçei a cabeça, os braços, as pernas e os pé.  Eu disse a ele que o amava muito, e você sabe, eu sussurrei algumas coisas engraçadas para ele, e foi isso.

 “Eu coçei a cabeça, os braços, as pernas e os pé. “

 Nossa, que reação mais confusa. Ela realmente não sabia o que coçar.

 “eu sussurrei algumas coisas engraçadas para ele”

Coisas engraçadas?

Realmente, o momento pede isso senhora Hilton.

Quem sabe?  Talvez podemos contar uma piada.  Hum, não fui eu!  Hum, não fui eu! 

Ela não estava em choque?

Incrível isso.

Aliás o corpo só não é liberado para visitas ,somente depois de exames?

Quero dizer..Karen Faye, Kathy Hilton e todo mundo entrava e saia da sala do necrotério?

Kathy diz que aquela era a hora de dizer adeus, como se depois não tivesse outra oportunidade para fazer isso. Não é essa a função de um velório, enterro e etc?

[CONT..]

Morgan: Um fim incrivelmente triste para sua vida, não acha? 

Kathy Hilton: E ele era tão fabuloso no hotel. Acordava cedo todas as manhãs, brincava com as crianças. Realmente chocante.

E ela insiste em dizer que Michael estava morando no Hotel.

Por que ele morava em um Hotel, e de repente se mudou para essa casa o qual ninguém nunca viu ele lá? E mesmo assim ainda frequentava a antiga “casa” para reuniões de negócios, sendo que ele tinha a própria casa agora? Seria porque ele queria morrer perto da casa de Elvis Presley? +1

A forma como ela fala que Michael acordava cedo para brincar com as crianças, deixa claro que ele realmente morava no Hotel.

Aliás, cade a Grace na história? Kathy Hilton disse acima que Michael não tinha babás.

Morgan: Paris, você também conhecia Michael? 

Paris Hilton:  Sim. Eu me lembro, uma das primeiras lembranças que tenho dele, foi quando minha mãe nos levou para ver o vídeo da música “Thriller”. E nós ainda temos as fotos. Eu sempre o amei.  Eu costumava ir a seus shows, e ele puxava eu e minha irmã até o palco, e então nós cantávamos lá em cima com ele. Eu sempre gostei muito dele.  Ele era um homem tão incrível.

Kathy Hilton: Ele disse: – Kathy, eu gostaria de ir ver Paris. Eu disse: –  Bem, ela está fora da cidade. E ele disse: – Bem, eu gostaria de ver seu estúdio de gravação.  E eu disse: – OK, tudo bem. E ele simplesmente pulava do carro, era como 8:30 da noite.

Eu disse: –  Nós não temos nenhuma segurança disponível agora. Vamos embora! Rick irá conduzir.  Você pula nas costas. E assim as crianças chegaram, fomos todos para cima, e nós estávamos lá com Paris. 

E ele gostava de olhar para tudo.  Então, ele estava olhando para todos os quadros nas paredes, e ele amava arte. Em seu armário tinha todas as suas coleções de Pinóquio e Sininho. Ele também amava ouro.

Paris Hilton:  Você pegou ele no estúdio.

Kathy Hilton: eu o levei para o estúdio, e ele começou a ver tudo.

Morgan: E ele era um talento extraordinário, não era? E tomou o seu nome, é claro, para colocar em um de seus filhos. Como isso te faz sentir?

Paris Hilton:  Eu me sinto honrada. 

Morgan: Foi um resultado direto?

Kathy Hilton: Você sabe, Latoya vai contar a história. Quando éramos mais jovens, todos diziam que quem tivesse a primeira garota ia ter o nome de Paris.  E eu tive a primeira menina. Então eu tive que fazer isso primeiro.

Morgan:  Você já viu as crianças desde que ele morreu?

Kathy Hilton:  Eu os vi umas duas semanas atrás.  Fomos jantar com eles. E eu não posso acreditar o quanto eles cresceram. Fomos até lá cerca de três semanas atrás. 

Morgan:  E elas estão sendo bem cuidadas?

Kathy Hilton: Ah, você está brincando?  Eles estão em uma casa nova, e Sra. Jackson está lá.  Eles têm uma casa incrível, linda, e com ótima segurança. Tivemos um jantar de família grande. Eles subiram e fizeram sua lição de casa, depois desceram e mostraram a avó, tomaram banho, falaram boa noite e disseram: “ Vovó eu te amo!”. Foi ótimo ver eles.

Morgan: Há um tipo de sentimento, porque eu acho que as ações judiciais envolvendo o eminente médico, a sua morte e tudo o mais, que ele havia se tornado uma espécie de personagem patético no final, viciado em toda a medicação e assim por diante. É um retrato impreciso, o que você acha?

Kathy Hilton: Bem, posso dizer que quando ele estava no Hotel Bel Air, não havia nenhum, digo não havia nada disso.  Porque eu tinha, quero dizer, ele estava logo abaixo de onde a minha família estava. E nós conversamos o tempo todo. Na verdade, se quiséssemos ir em algum lugar durante o dia, então Michael dizia: – 1:00 embaixo na fonte. E se eu estivesse cinco minutos atrasada, na verdade eu já estava encima dele.

Ela está querendo dizer que eles eram como vizinhas, pois o quarto de Michael ficava abaixo do quarto dela.

Interessante ver que OUTRA PESSOA próxima ao Michael, afirma que ele não usava remédios.

#SHIU!

[CONT..]

Kathy Hilton:  E ele estava com seus filhos.  Eu acredito em meu coração que como ele entrou nessa de show, era difícil para ele dormir a noite. Provavelmente pelo cansaço.  Ele não era um viciado em drogas. Ele tinha apenas problema para dormir.

Morgan: Como você acha que será o legado de Michael Jackson? 

Kathy Hilton: Bem, eu acho que agora que ele se foi, todo mundo percebe que ele era uma pessoa boa, todas as coisas maravilhosas que ele fez para a caridade.  E é interessante que não ouvimos.. bem, eu não vou entrar em nada disso, mas ele deixou três filhos lindos.

Morgan: Eles serão o seu legado

Kathy Hilton: Absolutamente.

FIM!

Engraçado que em nenhum momento foi citado a presença Murray no Hotel, e o mais interessante ainda é que não conseguimos traçar a presença de Murray na vida de Michael.

Digo..

Se Michael não usava remédios como todos dizem, onde é que Murray estava? Já sabemos que Michael nunca teve problemas cardíacos.

SHUT!

De fato Murray é um fantasma, que só apareceu DEPOIS que Michael morreu.

Cale a boca!Cale a boca!

O casal Hilton realmente foi para a casa de Michael no dia da sua “morte”, mas eles chegaram a casa de Michael antes da própria família dele.

Eu não estou afirmando que a família Hilton saiba de algo, estou apenas chamando a sua atenção para as contradições.

É isso que devemos fazer: questionar, olhar as coisas desconfiadas, e refletir o porquê eles falam isso.

A família traça um perfil de Michael que não existe! Ele não era um viciado em remédios, e muito menos um doente patético.

Outra coisa,

Kathy Hilton sabia que La Toya estará HOJE na CNN. Quero dizer….não poderia existir um acordo entre elas?

#reflita

Enquanto houver algo de errado, tudo será POSSÍVEL!

O caminho dos paradoxos é o caminho da verdade

Vocês sabem, eu adoro uma contradição.

Michael is alive!