Archive for the ‘Elena Violina’ Category

h1

Jornalista da Rússia lança livro sobre a FALSA MORTE de Michael

13 de abril de 2011

Pearl Jr me escreveu ontem a seguinte frase:

“Se Michael Joe falsificou a sua morte, ele com certeza vai voltar.
 
Você está atrás de uma informação, onde também têm outros seis sites com o mesmo tema registrado no dia 25 de junho de 2009. Todos os 7 são importantes”

Ela está se referindo ao site da contagem, porque eu perguntei para ela sobre isso. E mandei uns prints do Blog, onde escrevi  sobre esse assunto.

Hmmmm..

Meu Blog + 6 = 7? 

Ela sabe a importância do número 7 aqui.

Hihihihihi

Isso realmente está ficando assustador. (ou não)

Bem,

Eu estou falando da Pearl Jr, porque outra jornalista também fez um livro sobre a HOAX DEATH. Ela é uma jornalista da Rússia.

O engraçado é que o lançamento do livro dela, teve até a coletiva de imprensa e etc.

Isso relmante não me espanta, pelo fato de que irá surgir 98547645745 livros sobre a HOAX DEATH do Michael, assim como também aconteceu e ainda acontece com Elvis.

Será que alguém vai comprar meu livro, se eu escrever um? 

Mas como o nosso objetivo aqui é foco, pouco importa quanto dólares elas irá ganhar. O que eu quero mesmo é ver o circo pegar fogo!

Em seu site a jornalista chamada de Violina diz:

“Michael Jackson é um grande fenômeno, e eu poderia falar sobre ele como um simples mortal, e tentar prever suas ações .

Eu não tenho certeza se um dia eu vou dizer: “Eu sei tudo sobre ele”, mas nunca vou deixar de procurar, e nem deixar de tentar compreendê-lo até o fim. E tenho certeza que se eu perguntar a ele:

 – Michael onde você está?

Ele vai encolher os ombros e dar uma gargalhada tão doce,  eu já não ia querer nada de uma nobreza. Ele vive e respira comigo, e isso é uma  alegria pois eu vivo com ele de uma vez”

Sinopse do livro:

Ele não gostava de dar entrevista, ele não gostava de falar sobre sua vida privada. Sendo a pessoa mais conhecida do planeta, ele era o eremita, que fechou a sua vida no país que ele próprio criou. Ele fez uma exceção uma vez em 2002, quando ele abriu a sua vida para um repórter que deveria dizer a verdade sobre a vida de Michael Jackson. Um desejo se voltará para ele, que era o desejo de mostrar o seu mundo para as pessoas que ansiavam detalhes. Só que fecharam ele em uma fechadura. A midia cercou sua vida com a mentira. Por que você acha que a sua morte, não tem sido acompanhada pela mesma com tanta eficiência? Michael falou muitas vezes aos fãs: “Não confie na midia, eles mentem”. Durante sua vida ele não podia nos forçar a compreender, que nem tudo que falam na TV era a verdade. Talvez ele vai provar isso com a morte? Nós pensamos que sabemos tudo sobre Michael Jackson. Sim sabemos de tudo, exceto a verdade. Eu pensei que minha vida pertencia a mim. Eu nunca assumi que ia ter um momento em que minha vida iria depender de outra pessoa, até o momento que ouvi que ele tinha morrido. Para encontrar a verdade, alguém deveria procurar por ele. Para protegê-lo de todo mundo, e viver com ele … é o mesmo gosto de viver com Michael no mundo, que para muitos é apenas um capricho da imaginação.

Elena Volina  (Livro Michael Jackson: O homem por trás do meu coração)

Que linda!

Sei bem como essa moça se sente, porque todos os dias dedico um pouco do meu tempo livre buscando, buscando, buscando e buscando a verdade.

[CONT..]

 Sobre a Coletiva no Lançamento do Livro

Aqui você pode conferir o video da Coletiva de Imprensa, e segue um resumo sobre o que a jornalista disse:

“Em abril de 2011 no centro de Moscou, em um café de Moscovo na área do Triunfo, aconteceu o lançamento do livro de Elena.

Elena é uma jornalista independente, e também autora do livro “Michael Jackson: The Man Behind My Heart”.  A conferência da imprensa, constituída por duas partes: os discursos da autora sobre  livro, sobre todas as ocasiões em que ela procurou seus colegas da midia, e a segunda parte da conferência foi santificada com as respostas para perguntas dos jornalistas. As perguntas foram muitas, porque Elena falou sobre o dia de 25 de junho de 2009, e a frase “Michael Jackson está vivo”, se tornou a repetição e o lema da noite.

IntrigadoIntrigado

As razões que levaram a autora a pensar sobre isso foi inúmeras. Entre elas está o nome de Jackson que em documentos é “Michael Joe Jackson”, mas no atestado está “Michael Jackson JOSEHP”. Pelo que segue, esses documentos não podem ser a prova de sua morte, mas pode ser a prova de sua FALSA MORTE.

Ela captou a sua atenção em apenas uma comunicação oficial sobre a “morte”, e publicou no site da universidade médica da Califórnia. Não foi entregue: “Morreu na quinta-feira, segundo o comunicado da família”. Isso significa que sua família estabeleceu a morte de Michael Jackson. Nem os médicos e nem a polícia, deram comentários oficial sobre isso. Elena também especifica em um sinal evidente de que os concertos em Londres não foram planejados, e os “tiros” dos ensaios, que se tornou um filme, batendo todos os recordes possíveis, foi feito pelo inicialmente pelo diretor Kenny Ortega e Michael Jackson como um filme. O objetivo foi sempre ser um filme. Michael Jackson nunca cantou com completo vigor  nos ensaios, Michael Jackson nunca cantou AO VIVO em shows, porque seu show é muito difícil em muitos pontos de vista, para executar ao vivo as partes vocais. 

 Falando sobre o que se tornou um motivo para forjar a morte, Elena implicitamente deixa cair uma dica sobre a mídia, e seu papel na vida de Michael, onde foi possível tirar conclusões a partir de suas palavras, citando os  julgamento judiciais de 1992 e 2003, com a acusação de abuso sexual infantil, e a assustadora reação e ação da Mídia que provocaram uma perseguição ao Rei do Pop.

Ambos os tribunais provaram a sua completa inocência. A “Hoax Death” seria para retornar à sua reputação, deixar de novo o seu nome honesto, e para obrigar o mundo a lembrar dele não como o protagonista dos tablóides, mas como um grande músico e gênio do show business, e isso ele só conseguiria fazendo uma coisa: morrendo. Ele conseguiu o que queria. Exatamente em menos de um ano, as linhas de seus fãs não só cresceu consideravelmente, mas parece que a mídia agora se esqueceu de colocar as “más notícias” sobre Michael.

O que pode ser pior, do que a notícia sobre a morte dele?

Mesmo entre os céticos que olham tudo isso como uma piada por causa do primeiro de abril, a conversa se iniciou sobre a alta probabilidade de que Elena está certa, embora ela relatou no início da conferência de imprensa, que não é certo usar a palavra “pretexto” para aplicar a  esta situação concreta. O ponto é que a pretensão é a recriação completa da suposta criação.  A uma substituição que desde o início se encontra na posição mais proeminente. A imprensa apenas não quer perceber isso, porque não quer corrigir o erro. TMZ publicou a notícia com uma “marca” em informações não confirmadas de que Michael Jackson morreu, e todos começaram a publicar sem antes confirmar.

Ninguém verificou a informação, e esta foi a sensação de que não precisava de detalhes pela primeira vez. Quando os detalhes foram para a luz como o propofol, que foi utilizado sem a ventilação dos pulmões, o qual é inadmissível e impossível.  O cardiologista que queria receber muito dinheiro, fez a massagem indireta no coração no seu paciente deitado em uma cama, que se encontrava em anestesia sem um aparelho correspondente para a respiração.

 Em outras palavras em uma hora de conferência Elena foi muito eficiente, para fazer os céticos pensarem sobre a possibilidade de Michael estar vivo.  E que nem sempre as informações divulgadas sobre os canais de comunicação são verdades.  Às vezes o herói da notícia faz tudo,  para que aqueles que fizeram tais notícias, reflitam sobre o que estão dizendo, mentindo e fazendo.

Hihihihihi

Amazing!

Eu adoreiiii essa jornalista.

“A imprensa apenas não quer perceber isso, porque não quer corrigir o erro”

 Hum, não fui eu! Hum, não fui eu!

Vale lembrar que quem está falando isso é uma jornalista, então ela sabe do que está falando. Ela entende o que se passa nos bastidores do jornalismo.

“Às vezes o herói da notícia faz tudo,  para que aqueles que fizeram tais notícias, reflitam sobre o que estão dizendo e fazendo”

Vamos levantar e aplaudir ela!

Você tem noção do que é conseguir chamar a imprensa, para conseguir dizer na cara deles o quanto foram mentirosos, e que pensaram somente em vender?  #adoro!

Consegue perceber a dádiva de conseguir uma coletiva de imprensa, sem ser chamada de louca, alienada e ridícula?

Tá certo que o fato dela ser jornalista ajuda muito, pois como ela mesma disse,  ela têm amigos que estão ali na platéia. Só que isso não tira o brilho do que essa moça causou. Ela soube usar a isso a seu favor.

Consegue captar a incrível sensação de fazer um bando de jornalistas pararem, e pensarem sobre a possibilidade de Michael estar vivo?

É o que nós pensamos que sabemos, que nos impede de aprender.

Pouco importa se Elena quer vender e ganhar dinheiro, o que importa mesmo é o que ela conseguiu.

FOCO, FOCO, FOCO

O foco aqui é a atenção da imprensa, que Elena conseguiu segurar.

Se bem que o que ela diz não é novidade para ninguém aqui.

Site da jornalista: Site da Jornalista

Aliás,

Me deixa aproveitar o bonde andando.

Saiu na TMZ que Katherine disse que nunca falou as declarações sobre John Branca, e afirma que falsificaram a assinatura dela.

Oi?

Notícia da TMZ:

Katherine Jackson: A Declaração é uma fraude!

Katherine Jackson está furiosa com uma declaração apresentada ao Tribunal- supostamente assinada por ela – em que ela ataca os executores do espólio de Michael Jackson. TMZ ficou sabendo que Katherine insiste em dizer que nunca assinarou essa declaração.

Mas o advogado de Katherine, Adam Streisand, disse para a TMZ: “A Sra. Jackson nega categoricamente que assinou qualquer declaração ao juiz, onde faz acusações contra os executores sobre qualquer irregularidade com relação a seu filho ou sua propriedade.”

Streisand acrescenta: “Ela não fez e não faria qualquer uma dessas declarações sobre os executores.” E Streisand disse que Katherine falou para ele: “Estas palavras não são minhas.” 

Confira a assinatura da declaração em questão, datado de 06 de abril de 2011, e compare com a assinatura de Katherine em  um documento legal em 03 de fevereiro de 2010:

Quanto ao advogado de Heal the World Foundation – Edgar Pease – que apresentou a declaração em questão, diz que alguém  da Fundação recebeu um fax com uma cópia do documento, e então foi enviado para Pease com a assinatura apresentada .

Pease diz que se a assinatura é uma fraude “Cabeças vão rolar”.

Pease nos chamou de volta para dizer que Trent Jackson, sobrinho de Joe Jackson e cuidador de Katherine, disse que ele pessoalmente viu Katherine assinar a declaração. Porém fontes ligadas ao espólio dizem que a declaração é suspeita, porque a última página contém apenas a assinatura, sem qualquer texto. Em outras palavras, alguém poderia ter inserido a assinatura em uma declaração em que Katherine nunca viu ou aprovou.

[..]

Apenas uma palavra: impressionante!

Gosto de duvidar, tanto quanto de saber.

Alguém realmente tinha levado a sério essa briga, do “vale a pena ver de novo”?

Como podem ver Katherine NÃO acusou o espólio de nada, e se acusou acabou de retirar suas acusações.

O que isso representa? John Branca não é ladrão, segundo Katherine.

Cale a boca!Cale a boca!

Mas interessante mesmo é a contradição dessa prosa toda.

Pensa comigo:

“ O advogado de Heal the World Foundation, diz que alguém  da Fundação recebeu um fax com uma cópia do documento”

????

Se eles levaram a sério a declaração, é porque de fato algo estava acontecendo para isso acontecer. Como a Fundação recebe um processo onde o assunto é a falta de dinheiro para a própria Fundação, e aceita isso como uma verdade se na verdade não faltava dinheiro?

Consegue me acompanhar?

Se não está faltando dinheiro para Fundação, como que não desconfiaram sobre o documento? Não ligaram para Katherine para falar sobre isso?

Primeiro o responsável diz que “cabeças iam rolar” se a asssinatura era falsa, e depois volta para dizer que Trent Jackson viu a avó assinando.

Que contradição!

“Pease nos chamou de volta para dizer que Trent Jackson, disse que viu pessoalmente Katherine assinar a declaração”

Essa foi ótima!

Por isso que Pease não ligou para Katherine, para saber se o documento era mesmo verdadeiro?

Por que ele ligaria, se o próprio neto viu a avó assinando o documento? hihihi

Ou seja: a Fundanção que Katherine até ontem defendia, e usava como “arma” para atacar John Branca, agora está acusando a família de mentir.

Enquando John Branca sai em defesa de Katherine.

WTF!

Can you feel it?

Se compreendêssemos, nunca mais poderíamos julgar.

“Fontes ligadas ao espólio dizem que a declaração é suspeita, pois a última página contém apenas a assinatura sem qualquer texto”

???

E essa possibilidade não tinha sido pensada antes?

Minha opinião é a seguinte: algo foi feito para retirar essas acusações, já que elas não têm fundamento algum. E o espólio por sua vez está concordando que houve um erro, para não deixar a coisa mais feia do que já está, e também porque Katherine é a mãe tão amada pelo Michael e etc.

Como podem ver a acusação de Katherine para John Branca, foi apenas um momento de “delírio”?

A única forma de vencer uma discussão é evitá-la.

Eu disse que era tudo #mimimi

FOCO, sempre!

Michael is alive!